(Jo 17: 3) - que te conheçam, a ti só, por único D’us verdadeiro...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

(Jo 17: 3) - que te conheçam, a ti só, por único D’us verdadeiro...

Mensagem por azzi em Sab Jun 15, 2013 9:40 pm

Shalom!
Caro chaver,

Sempre devemos ter o cuidado com versículos isolados fora do contexto bíblico para não cair no erro de dubla interpretação, por exemplo: em Jo 1:1 diz o seguinte “No principio era o Verbo...e o Verbo era D’us”. Há quem questione: Esta expressão conjugada no passado “o Verbo era D’us”, então hoje o Verbo não é mais D’us? Sem duvida, o Verbo sempre é D’us!
 
Na verdade este verso, dentro do contexto bíblico, quer dizer que no principio (da criação) quem agia para criar era o Verbo, e, por outro lado, aquela pessoa chamada Yeshua que habitou entre nós e depois nos deixou, era o Verbo que era D’us encarnado na forma de homem (Jo 1:14, Fp 2: 6-7).

Com relação a este versículo:

(João 17:3) - E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único D’us verdadeiro, e a Yeshua HaMashiach, a quem enviaste.

Fora do contexto bíblico, você notou que neste versículo de João 17:3, nos da à impressão que a pessoa que esta fazendo esta oração sacerdotal de intercessão ao Pai neste verso no monte das oliveiras, não é Yeshua, mas uma outra pessoa falando de Yeshua HaMashiach???

Ora, se era Yeshua quem falava na ocasião em João 17: 3, então, porque ele disse assim: “...e a Yeshua HaMashiach, a quem enviaste”, ao invés de dizer : “...e a mim, a quem enviaste”. A impressão que temos é que uma outra pessoa esta falando, não dá?

Fora do contexto bíblico, você também notou que neste verso, nos sugere a entender que esta mesma pessoa que fala sobre o Yeshua HaMashiach enviado já existia antes que houvesse o mundo e era um ser cheio de gloria (Jo 17:5)? Ueh! Sem nenhuma exceção D’us deixou bem claro que Ele não divide a sua gloria com nenhuma criatura (Is 42:8, Is 48:11)

Fora do contexto bíblico, você notou também que isolando este versículo, ele nos sugere a entender que o verdadeiro D’us é só o Pai celestial e ninguém mais, inclusive nem mesmo Yeshua HaMashiach, o enviado???. Como você percebeu, caro leitor, tirar versículo da bíblia isolando-o e analisando-o fora do contexto bíblico abrem portas para o surgimento de seitas e heresias !!!.

Agora vamos entender este versículo João 17: 3 dentro do contexto harmônico bíblico.

É bom lembrar que o cenário na ocasião (até mesmo nos dias de hoje) qualquer ídolo era e é reconhecido como sendo o verdadeiro “pai, D’us e senhor” pelos seus respectivos devotos.

Os mulçumanos acreditam que o D’us deles é o D’us verdadeiro assim como qualquer religião acredita que seu respectivo D’us é o verdadeiro D’us.

Portanto, quando Yeshua disse: “E” a Yeshua HaMashiach a quem enviaste, com esta pequena palavra “E”, Yeshua estava se incluindo como sendo o D’us Verdadeiro além do Pai dEle (para você entender melhor este “E”, veja este exemplo comparativo: a água salobra é composta de água “E” sal, pois se não ter sal não é água salobra)

Na verdade Yeshua estava diferenciando o falso pai e D’us do verdadeiro Pai e D’us quando Ele disse que para se ter a Vida Eterna é necessário conhecer apenas duas pessoas como sendo o único D’us verdadeiro, somente o Pai dEle e Ele como sendo a Palavra enviada e encarnada do Pai dEle.
Fique atento!
Em João 17:3

Yeshua NÃO disse apenas isto:
E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único D’us verdadeiro.

Mas Yeshua disse na integra isto:
E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único D’us verdadeiro, E a Yeshua HaMashiach, a quem enviaste.

Dando a entender isto:
E a Vida Eterna é esta: que conheçam, (entre muitos pais e deuses), somente o meu Pai e a mim, por único D’us verdadeiro”.

Mas por quê?. Porque ambos são UM (Jo 10:30), tanto é que Yeshua, no mesmo evangelho em João 14: 9, diz que quem vê a Ele vê a D’us, o Pai, e também diz que para se crer no D’us verdadeiro e ter a Vida Eterna é necessário crer nEle e ter Ele porque Ele, com o Pai, é o Verdadeiro D’us e a Vida Eterna (Jo 14:1 e 6, 1Jo 5:20), além disto, no mesmo evangelho em João 1:1 e 14, esta escrito que a Palavra de D’us é D’us e encarnou.

Creio que você deve ter percebido que todos os versículos citados nesta interpretação se encaixam perfeitamente como se fossem partes de um quebra cabeça. Agora, se você não concordar com estas realidades, você terá que admitir que o evangelho de João é falso, e como consequência todo o Novo Testamento cai por terra fazendo do cristianismo e judaísmo messiânico, seitas, tal como dizem os judeus ortodoxo..

Ora, a palavra “Apostolo” significa literalmente “enviado ou missionário”, portanto, quando Yeshua refere-se a si mesmo como o enviado do Pai, ele esta auto se declarando como sendo o Apostolo Yeshua, ou seja, o missionário Yeshua (conf. Hb 3:1), portanto, na condição de enviado, Yeshua é a própria Palavra Apostólica de D’us que é D’us (Jo 1:1), então, em João 17:3, quando ele diz: “e a Yeshua HaMashiach, a quem enviaste”, ele esta se referindo ao ministério no espirito de Apostolo Yeshua (missionário Yeshua) que foi enviado da parte do Pai, não que a Palavra de D’us (=Yeshua) deixou de estar no seio do Pai, pois, a Palavra é onipresente e não esta sujeita ao tempo (é atemporal) porque Ela é D’us e pode encarnar (Jo1:1 e 18).

Quanto à oração que é feita no capitulo todo de João 17, analisando o contexto, você perceberá que se trata de uma oração intercessora feita também por Yeshua, porem, em um outro papel (ministério ou personagem) no espirito de Sumo Sacerdote Yeshua, também emanado da Palavra de D’us que é D’us e está no seio do Pai, tal como relata a carta aos Hebreus (Hb 3:1 e Hb 5:10). O Sumo Sacerdote Yeshua estava falando do Apostolo Yeshua quando disse: “...e a Yeshua HaMashiach (o Apostolo, o missionário), a quem enviaste”, ao invés de dizer : “...e a mim, a quem enviaste”. A estas diferentes manifestações de D’us em ministérios (personagens) se chama Teofania.

Quando o personagem no espirito de Sumo Sacerdote Yeshua, que é um ministério emanado da Palavra no seio do Pai, declara que o Pai é o único D’us verdadeiro, ele, o personagem no espirito de Sumo Sacerdote Yeshua, esta se referindo ao D’us Elohim YHWH (=Pai+Palavra+Espírito) que é o Pai da Criação e Salvação, e não ao Pai da Palavra em si, pois, ser Pai da Palavra (Pai de Yeshua) e ser Pai da Criação e Salvação são dois contexto com significados bem diferentes e distintos que, quando mal entendidos, geram muita confusão. Não é a toa que o apostolo João relata que quem esta na Palavra (em Yeshua) esta no D’us verdadeiro e na Vida Eterna (conf. 1João 5: 20).

Como exemplo paralelo, imagine você como Pai e tem um filho, e você com o teu filho, resolvem construir um robô, então, você com o teu filho, passam a ser o Pai da Criação do robô (o pai do robô). Tal como Yeshua (o filho) com seu Pai, são o Pai da Criação e Salvação, tanto é que indiretamente Yeshua se declara sendo o nosso pai quando diz que não nos deixará órfãos em João 14:18.

A mesma coisa acontece quando em Isaias 9:6 declara que o nome do menino que a virgem conceberá, será chamado D’us Forte e Pai da Eternidade, ao invés de representante ou substituto do D’us Forte e do Pai da Eternidade. O profeta já tinha esta revelação de que aquele menino era Elohim YHWH, o D’us e Pai da Salvação, o Emanuel, o D’us encarnado conosco (conf. Is 7:14).

Quando Yeshua diz: “Eu sou a Vida Eterna” ele esta se referindo a ele como parte integrante na formação de D’us. Mas quem é este D’us? Ora, o Elohim YHWH, que é uma unidade corporativa indivisível, pois, quem conhece e vê a Yeshua, que é a Palavra de D’us que é D’us, conhece e vê o Pai (da salvação e criação), que é a Vida Eterna.

Portanto devemos ficar sempre atentos para discernirmos em que espirito o personagem Yeshua esta exercendo na ocasião ao lermos alguma passagem nas escrituras sagradas.

Veja um outro exemplo semelhante:
Compare João 17:3 com João 14:1

(João 17:3) - E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único D’us verdadeiro, e a Yeshua HaMashiach, a quem enviaste.

(Jo 14: 1) – Não se turbe o vosso coração, credes em D’us, credes também em mim.

Yeshua NÃO disse apenas isto:
Não se turbe o vosso coração, credes em D’us.

Mas Yeshua disse na integra isto:
Não se turbe o vosso coração, credes em D’us, credes também em mim.

Dando a entender dentro do contexto isto:
Não se turbe o vosso coração, credes no unico e verdadeiro D'us.

Veja que, se você isolar este versículo, ele nos dá a entender que D’us é D’us, Yeshua é Yeshua. Porem, este verso, se você ler atentamente todo o capitulo, você perceberá, dentro do contexto, que Yeshua está atuando também no papel de personagem no espirito de Apostolo Yeshua (missionário Yeshua), pois, o único caminho ou meio de se conhecer o verdadeiro D’us, é por intermédio da Palavra dEle enviada por dEle.
Ou seja, entre muitos deuses, você só pode crer no D’us verdadeiro a partir do momento que você receba, conheça, confesse e creia em Yeshua como sendo o Verbo de D’us que é D’us encarnado, tal como está escrito, caso ao contrario você crê em um falso YHWH com aparência de verdadeiro, pois, naquela ocasião já existiam muitas seitas e heresias judaicas tal como é nos dias de hoje tanto no judaísmo como no cristianismo.

Os pagãos também creem em seus deuses e acreditam que eles são verdadeiros!!! Inclusive existem seguimentos religiosos que se dizem crentes no D’us de Abraão mas negam que Yeshua é a própria Palavra de D’us que é D’us encarnado como se isto fosse algo impossível para D’us realizar, por este motivo Yeshua disse “credes também em mim”, ou seja, quem crê em Yeshua esta crendo no D’us verdadeiro, caso ao contrario você crê em um falso YHWH, deformado, com aparência de verdadeiro.

Portanto, para evitar confusão com outros (falsos) deuses e com outras doutrinas de origem duvidosa, ficou estabelecido nas escrituras que quem não crê e não confessa Yeshua como sendo a própria Palavra (Apostólica) de D’us que é D’us encarnado na forma de homem, não tem como crer no D’us Verdadeiro.

Por este motivo Yeshua é a expressão exata e imagem perfeita do próprio D’us (Hb 1:3; Cl 1:15). Yeshua é a testemunha fiel e verdadeira de como é de fato D’us (Ap 3:14). Yeshua é a própria revelação do próprio D’us (Jo1: 18), por isso, necessariamente Ele é igual a D’us (Jo 1:1, Fp 2:6).

Por este motivo Yeshua disse em (Jo 14: 1) credes em D’us, credes também em mim, E também disse em (Jo 17:3) que te conheçam, a ti só, por único D’us verdadeiro, e a Yeshua HaMashiach, a quem enviaste. E também disse: (Jo 14:9) Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?

Os ministérios de personagem no espirito de Sumo sacerdote Yeshua e no espirito de apostolo Yeshua, é D’us, porem D’us não se resume ou se limita apenas nestes ministérios de personagem no espirito de Sumo Sacerdote e Apostolo, pois, existem outros ministérios em outras porções de espíritos que completam a plenitude do Espirito de D’us, dai vem a expressão, “Sete Espíritos de D’us”, pois, o sete (7) significa Espirito pleno.

Shalom!
 
Para uma melhor compreensão do contexto postado e destes versiculos abaixo de uma lida neste artigo neste link:http://adonayechad.forumeiros.com/t233-os-7-sete-espiritos-de-dus

Hebreus 3:1 -Por isso, irmãos santos, participantes da vocação celestial, considerai a Yeshua HaMashiach, apóstolo e sumo sacerdote da nossa confissão,

Hebreus 5:10 -Chamado por YHWH sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque
 

Qual é a tua opinião sobre esta questão??

azzi

Mensagens : 27
Data de inscrição : 12/08/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: (Jo 17: 3) - que te conheçam, a ti só, por único D’us verdadeiro...

Mensagem por Fco Oliveira em Qui Jun 27, 2013 4:20 pm

Meu amado, se este mandamento fosse digno de crédito e aceitação: que te conheçam a Ti só por Único Deus e a Yeshua/Jesus Cristo a quem enviaste, já desmenteria toda a torah e anula a verdade desta bíblia; você mesmo teve que corrigir os versículos que foi citado, para poder validá-lo, por que?

Se o Elohim Yahweh é o Altíssimo Pai criador e que suas palavras não podem ser questionadas e são verdadeiras, com suas Leis Perpétuas, jamais este Deus/Elohim poderia enviar um outro Deus para ser adorado pelo os homens na terra e nem vir pessoalmente!

Como se ver na crença deste falso Mashiach Yeshua, por que? Se este Ser Yahweh é o Único Deus, no Céu e na terra, como é que o amado pode pregar um outro Deus além Dele- Yahweh? Errado!!!

Se o amado pregar um único Ser doador da vida, por 3.000 anos, afirma a todos que Ele é Eterno e jamais mudará e de repente essa ideologia muda, anula toda a verdade que a este Ser foi outorgado, correto?

Mesmo que o amado pregar que Yeshua/Jesus é o Próprio Deus/Elohim dos hebreus, essa ideologia está contra a torah, que atesta que jamais o Eterno seria visto por um ser humano na terra! Pois este tal Yeshua/Jesus foi visto e abraçado por muitos.

Meu irmão, sejamos sinceros conosco mesmo, se o amado for sincero consigo mesmo, verá tudo isto em seu próprio tópico, que os dois "concertos VT e NT" não combinam, vejam os versículos que você postou, eles provam uma infinidade de contradições e mentiras, amém?

Meu amado, o maior problema do mundo hoje, chama-se: as mentiras da bíblia, pois, está provado que este livro foi fabricado por homens pedófilos, assassinos e vagabundos, que inventaram tudo isto que se ler na bíblia, para escravizar a humanidade.

Fco Oliveira

Mensagens : 147
Data de inscrição : 29/01/2010
Idade : 54
Localização : Catanduva SP.

Ver perfil do usuário http://gideoes-ccb.forumeiros.com/forum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum