Yeshua, os juizes e Moises eram deuses? Politeismo ou monoteismo?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Yeshua, os juizes e Moises eram deuses? Politeismo ou monoteismo?

Mensagem por azzi em Qui Set 05, 2013 9:23 pm

Shalom!

Certa vez me perguntaram:

Por que algumas pessoas, no Antigo Testamento, eram chamadas de deuses uma vez que D’us declara que não existe D’us alem dEle???. Como por exemplo:

(Êxodo 4:16) -  disse D’us a Moises: E ele (Arão) falará por ti ao povo; e acontecerá que ele te será por boca, e tu (Moises) lhe serás por D’US.

(Êxodo 7:1) - Então disse o SENHOR a Moisés: Eis que te tenho posto por D’US sobre Faraó, e Arão, teu irmão, será o teu profeta.

(Salmo 82:6) -  Eu disse: Vós sois D’USES, e todos vós filhos do Altíssimo. (7) -  Todavia morrereis como homens, e caireis como qualquer dos príncipes.


Com relação a estes versículos abaixo:

(João 14:20) - Nesse dia compreendereis que estou em meu Pai e vós em mim e eu em vós"...

(João 17:21)...a fim de que todos sejam um. Como tu, Pai, estás em mim e eu em ti, que eles estejam em nós, para que o mundo creia que me enviaste"...(23) "Eu neles e Tu em mim, para que sejam perfeitos na unidade...


Isso nos torna Deuses? Isso é Politeismo?

Minha resposta foi esta.: 

A palavra “ÚNICO(A) ou UM(A)”, em algumas passagens bíblicas corresponde a palavra hebraica “ECHAD” (lê-se errad) que se refere a um conjunto de elementos que formam uma unidade composta (plural), por exemplo, em português, pode-se dizer: "estas quatro cadeiras e a mesa formam UMA (echad) mobília de jantar.

Enquanto que, para se referir a uma unidade simples (singular ou absoluta), utiliza-se uma outra palavra hebraica “YACHID” (lê-se yarrid) que também significa “único(a) ou um(a)”, porem, no singular, por exemplo, em português, pode-se dizer: "há UM (yarrid) centavo em minha mão."

Agora veja nestes versículos bíblico a aplicação da palavra “ECHAD e YACHID” no contexto hebraico:

Na escritura hebraica este versículo se trata de unidade composta (plural):
(Deuteronômio 6: 4) - "Ouve, ó Israel, o Senhor nosso D’us é o ÚNICO (echad) Senhor"

Na escritura hebraica este versículo se trata de unidade simples (singular):
(Gênesis 22: 2) – Prosseguiu D’us: Toma agora teu filho, o teu ÚNICO (yachid) filho Isaque, a quem amas...

Portanto, Ser D’us e ser feito D’us são dois conceitos diferentes. Yeshua é D’us e nós somos feito D’us pelo fato de nós nos incluirmos em Yeshua que é a Palavra de D’us que é D’us (Jo 1:1) que esta no seio do Pai (Jo 1:18), ou seja, nós nos tornamos uma única (echad) unidade composta com Yeshua que se faz uma única (echad) unidade composta com o Pai. Então sem Yeshua não somos uma unidade com D’us e não podemos ser feitos D’us (Elohim).

No idioma português uma pessoa muito gorda é chamada de obesa, e no idioma hebraico uma pessoa muito gorda é chamada de gordas (no plural) como sendo graus de intensidade de gordura (superlativo).

Da mesma forma ocorre com a palavra hebraica Elohim, que significa D’uses, que tanto pode ser entendida como sendo o plural da palavra hebraica Eloah que significa D’us no singular, como também pode ser entendida como sendo graus de intensidade divina (superlativo).

O mesmo ocorre também com a palavra hebraica Adonai, que significa Senhores, que tanto pode ser entendida como sendo o plural da palavra hebraica Adon que significa Senhor no singular, como também pode ser entendida como sendo graus de intensidade de Senhorio (superlativo).

Quando o Pai se faz UM (echad) com a Palavra dEle que é Yeshua que se faz UM (echad) conosco, podemos dizer que todos (o Pai, Yeshua e nós) somos chamados coletivamente de um único (echad) Elohim (deuses) não que haja mais de um D’us, mas como sendo grau de intensidade divina (superlativo).

Quando Moises foi justificado de seus pecados pelo personagem no espírito de Cordeiro Yeshua que foi morto desde a fundação do mundo (Ap 13:8.), ele saiu da posição de pecado e lhe foi resgatado a posição original de ser a imagem e a semelhança de D'us.

Portanto, Moises não era D’us mas foi feito D’us (Elohim) por se incluir em Yeshua que é D’us (Elohim),  sendo revestido de poder e autoridade, operando sinais e maravilhas porque ele era UM (echad) com a Palavra de D’us que é Yeshua que é D’us (Jo 1:1, Ex 4:1, Ex 7:1).

Tal como ocorre também no Salmo 82: 6, onde os juízes de Israel congregados em comunhão com a Palavra de D’us (=Yeshua) foram feitos D’us (Elohim), não que cada um dos juízes se tornou um D’us individualmente, mas por se incluírem na Palavra de D’us que é D’us (=Yeshua) se fazendo um (echad) com Ela.

Os juízes eram filhos do Altíssimo não porque tinham a genética de D’us, mas, porque foram adotados como filhos de D’us por se incluírem antes diretamente na Palavra de D’us que é D’us que é o único Filho genético de D’us, se fazendo UM (echad) com Ele

Tal como acontece hoje com todas as pessoas compromissadas com a Palavra de D’us, pois, elas se tornam um (echad) com D’us (Elohim) se fazendo D’us (Elohim) operando sinais, prodigios, expulsando demonios e curando enfermos.

Assim como a minha palavra e o meu espírito procedem de uma única origem que sou eu, e os três (eu, a minha palavra e o meu espírito) se fazem UM (echad) único ser humano que sou eu.

Da mesma forma a Palavra de D’us e o Espírito Santo de D’us procedem de uma única origem que é o Pai, e os três (o Pai, a Palavra de D’us e o Espírito de D’us) se fazem UM (echad) único D’us. Por este motivo D’us é identificado no plural nas escrituras hebraica como sendo Adonai (=Senhores) e Elohim (=Deuses).

O Pai é D'us, a Palavra é D'us e o Espirito é D'us.

Agora, se você crer que o Pai é UM D’us, a Palavra (Yeshua) é UM D’us, o Espirito Santo  é UM D’us e cada um de nós é UM D’us, ai você cai no politeísmo porque crê em vários deuses.

O nome Yeshua é um acróstico que vem de YeHoWaHshua que vem de Adonai+YHWH+shua que significa:

“Eu, o soberano Senhor, aquele que trouxe a existência tudo que existe, sou o Salvador”

E vc, oque responderia??

Shalom

azzi

Mensagens : 27
Data de inscrição : 12/08/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yeshua, os juizes e Moises eram deuses? Politeismo ou monoteismo?

Mensagem por azzi em Sex Maio 16, 2014 9:01 am

Shalom!
Como alguém que se esvaziou da forma de D’us para viver na forma de servo vai se comportar com a forma de D’us?

Yeshua veio para servir e não podia usar dos recursos da forma de D’us para sair do desamparo que estava pois tinha que experimentar tudo que experimentou e não podia usar nenhum recurso por si mesmo que não fosse por sujeição a que se submeteu...!

Se Yeshua se tornou na forma de servo é porque antes não a tinha está forma. Entre ser Senhor e Servo não há meio termo..

Não podemos pegar os Juízes e Moises que eram chamados de D’uses e dizer que eles tinham uma forma de D’us igual a Yeshua!!!

Pois Yeshua se igualou a eles quando assumiu a forma de servo e se fez semelhantes aos homens. E também estes (Juizes e Moises) não tinham a experiência existêncial do Yeshua pré-existente ...

Logo Yeshua teve a experiência existêncial deles quando se fez semelhantes aos homens assim nunca estes subsistiram em forma de D’us como Yeshua..

Logo Yeshua buscou o Pai naquele momento e não poderia usar recursos além humano por si mesmo pois tinha que viver como humano segundo Hebreus 2:17 pois o texto diz que ele foi obediente até a morte de Cruz Felipenses 2: 18..

Shalom!

azzi

Mensagens : 27
Data de inscrição : 12/08/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yeshua, os juizes e Moises eram deuses? Politeismo ou monoteismo?

Mensagem por Fco Oliveira em Dom Fev 01, 2015 2:32 pm



Meus caros irmãos e amigos, a paz esteja convosco, a única verdade que temos hoje, é que, tudo que vem deste povo hebreu, é fraude e armação maligna pra enganar o povo não judeu.

Até o Deus cultuado por este povo, é fruto de armação diabólica deste povo, vejam este depoimento aqui, registrado em livros Históricos milenares:

Até o ano de 586 a.C. quando começou o exílio dos israelitas em Babilônia o politeísmo fazia parte da cultura de Israel. Foi apenas após o exílio que a adoração única e exclusiva de Yahweh (Javé ou Jeová) tornou-se estabelecida e possivelmente só mais tarde no tempo dos Macabeus (2º século a.C.) que o monoteísmo se tornou universal entre os judeus.

O Deus bíblico do Antigo Testamento provavelmente foi uma fusão de vários Deuses pagãos. A personalidade e os atributos de Yahweh foram influenciados por outras antigas divindades do Oriente como o Pai celestial El, o jovem guerreiro Baal e a senhora Asherah.

Especialistas que estudam os textos bíblicos, leem antigas inscrições encontradas nos arredores de Israel e escavam sítios arqueológicos estão reconhecendo a influência conjunta de diversos Deuses pagãos antigos no retrato de Yahweh traçado pela Bíblia que parece ter múltiplas personalidades.

Elementos comuns à cultura das antigas civilizações do Oriente Médio, principalmente da região onde hoje ficam o estado de Israel, os territórios palestinos, o Líbano e a Síria, contribuíram para as ideias que os antigos israelitas tinham sobre os seres divinos (Israel Finkelstein e Neil Asher Silberman, The Bible Unearthed: Archaeology's New Vision of Ancient Israel and the Origin of Its Sacred Texts. Simon & Schuster, 2002, pág. 241-42).

Há bons indícios de que o Deus do Velho Testamento é uma fusão entre um Deus idoso e paternal (El), um jovem Deus guerreiro (Baal) e a Deusa do sexo feminino (Asherah). Existe uma base cultural comum entre o antigo povo de Israel e seus vizinhos e adversários, os cananeus, moradores da terra de Canaã, como era chamada a região entre o rio Jordão e o mar Mediterrâneo em tempos antigos.

A Bíblia retrata os israelitas como um povo quase totalmente distinto dos cananeus, mas os dados arqueológicos revelam profundas semelhanças de língua, costumes e cultura material. A língua de Canaã, por exemplo, era só um dialeto um pouco diferente do hebraico bíblico.

Os cananeus não deixaram para trás uma herança literária tão rica quanto a Bíblia, no entanto, poucos quilômetros ao norte de Canaã, na atual Síria, ficava a cidade-Estado de Ugarit, cuja língua e cultura eram praticamente idênticas às de seus primos do sul.

Ugarit foi destruída por invasores bárbaros em 1200 a.C., mas os arqueólogos recuperaram numerosas inscrições da cidade, nas quais dá para entrever uma mitologia que apresenta semelhanças impressionantes com as narrativas da Bíblia (Mark S. Smith, The Origins of Biblical Monotheism: Israel's Polytheistic Background and the Ugaritic Texts. Oxford University Press, USA, November 6, 2003. ISBN 978-0195167689).

Continuar lendo aqui:
http://gideoes-ccb.forumeiros.com/t535-o-antigo-israel-eram-idolatras-politeistas#1701

Fco Oliveira

Mensagens : 147
Data de inscrição : 29/01/2010
Idade : 54
Localização : Catanduva SP.

Ver perfil do usuário http://gideoes-ccb.forumeiros.com/forum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yeshua, os juizes e Moises eram deuses? Politeismo ou monoteismo?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 4:46 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum