Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Mashmid em Dom Jan 04, 2009 6:55 am

Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Primeiramente, Yeshua diz:

(Mateus 5:17) - Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir.

(Mateus 5:18 ) - Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um yud ou um kotz se omitirá da Torah, sem que tudo seja cumprido.



"Até que céu e a tera passem".

O céu está aí e a terra sob nossos pés, até que o céu e a terra passem a Torah está vigente.


Mas, por que então os cristão dizem que a Lei foi Abolida? É simples, por pura má interpretação e falta de utilização de Hermeneutica, usando textos fora do contexto.

Outra coisa que contribui com isso é a falta de conhecimento sobre a cultura judaica. Eles não percebem que mesmo os textos da Brit Chadasha se utilizam de expressões judaicas.


A dificuldade de se fazer distinção por parte dos cristãos


Os cristãos não conseguem dividir as coisas, não entendem que há alianças distintas e o que é prometido a uma pessoa não se interpreta a outra.

A promessa que D-us fez a Avraham não é a mesma promessa que D-us fez a David.

Há diversidades de alianças, a Adâmica, Noética, Abraâmica, Mosaica, Davídica,etc..

Cada promessa é diferente e é específica à pessoa, não podemos utilizar uma promessa feita a outra pessoa para se referir a nós, a não ser que estejamos inclusos na promessa.

Uma promessa específica ao povo judeu é sobre a herança da terra de Kenaan a qual D-us fez a Avraham.

E outra promessa feita a Avraham que inclui aos gentios é aquela que diz : "Em teu nome serão benditas todas as famílias da terra".

Ou seja, a herança da terra de Kenaan é para os gentios também? Claro que não, pois o texto é claro e refere-se à promessa como sendo especificamente aos descendentes de Avraham, não no sentido figurativo mas no literal.


O início da Segunda Aliança

Quando foi que deu início a segunda aliança?

O Brit Chadasha deu início logo após a morte de Yeshua, pois antes de sua morte estávamos ainda sob a Lei de purificação através de sangue de animais.

Após a morte de Yeshua iniciou-se a purificação através de seu sangue.

Isso significa abolição da lei dos sacrifícios? Não, pelo contrário, é sim a continuação dessa lei só que agora não com sacrifícios de touros e bodes, mas com um sangue mais excelente.

Pois as coisas pela lei são purificadas com sangue. Sendo assim a lei dos sancrifícios não terminou e sim continuo só que agora com um sacerdote eterno segundo a orde de Malkitzedek.

Como foi dito: "A finalidade(propósito) da lei é o Messias".

Enquanto um testador vive não há valor o testamento, só entra em vigor após a morte do testador.

(Hebreus 9:16) - Porque onde há testamento, é necessário que intervenha a morte do testador.
(Hebreus 9:17) - Porque um testamento tem força onde houve morte; ou terá ele algum valor enquanto o testador vive?


Então após a morte de Yeshua, há algum texto que diz que os discípulos dele ainda guardavam a Torah?

Veremos em breve.


Os cristãos acreditam mais nos Fariseus do que nas escrituras


Normalmente encontramos cristãos que dizem que Yeshua não se preocupou com a guarda de Shabat.

Por que isso acontece? Porque os cristãos não percebem que seguem ao fermento dos Fariseus.

Yeshua diversas vezes foi acusado de transgredir ao Sábado, mas quais foram as acusações utilizadas pelos Fariseus?


(Mateus 12:10) - E, estava ali um homem que tinha uma das mãos mirrada; e eles, para o acusarem, o interrogaram, dizendo: É lícito curar nos sábados?


Eles acusavam a Yeshua de curar nos sábados. Mas onde está escrito na Torah alguma proibição de se curar no Sábado?

Por acaso há alguma lei proibindo a cura no Sábado?

Será que os evangélicos não percebem que eles estão apregoando os ensinamentos dos Fariseus dizendo que curar no Sábado é transgressão sendo que não existe Lei para proibir isso?

Mas não foi só a Cura no Sábado a acusação dos Fariseus.


(Mateus 12:1) - NAQUELE tempo passou Yeshua pelas searas, em um sábado; e os seus discípulos, tendo fome, começaram a colher espigas, e a comer.

Outro texto que é utilizado pelos cristãos, novamente eles utilizam as acusações dos Fariseus, sem perceber que estão sendo discípulos dos Fariseus da época.

Por falta de conhecimento da cultura, os cristãos não sabem que Yeshua agiu conforme o que é ensinado nos textos Talmúldicos, de que a vida é mais importante do que o próprio Shabat.

Por isso médicos, enfermeiros, soldados e policiais não são proibídos de trabalhar em Shabat, pois são funções as quais não podem parar nunca, e são liberados por isso.

Uma das proibições de Shabat é de que não se pode fazer jejum em shabat e não pode ficar sem comer algo em shabat.

Os discípulos de Yeshua não fizeram nada além do que é permitido quando a vida está em primeiro lugar.

Yeshua utiliza-se das leis sacerdotais , pois os sacerdotes fazim o serviço do templo mesmo no dia de Shabat e eram livres para o fazer, pois um mandamento maior sobrepõe o menor.

Ele também se utilizou do texto de quando David come os pães da proposição o qual era permitido somente para os sacerdotes comerem, mas como a vida de David dependia disso, então sempre a vida em primeiro lugar.

Só que os cristãos não sabem disso, Yeshua não fez nada diferente do que ensinam os sábios do Talmud, sendo assim ele está enquadrado nos ensinamentos.

Mas como é que um cristão vai saber disso se não conhece nada de judaísmo? Vão continuar acreditando no fermento dos Fariseus.

Bem, mas voltando ao assunto anterior sobre o início da Nova Aliança... após a morte de Yeshua inicia-se a Nova Aliança e se Yeshua tivesse ensinado àlguém contra Shabat, então o que dizer do texto a seguir?

(Lucas 23:56) - E, voltando elas, prepararam especiarias e ungüentos; e no sábado repousaram, conforme o mandamento.

Elas eram judias e Yeshua não ensinou a elas a se apartar da guarda de Shabat.

Não estamos dizendo que os gentios tem obrigação disso, estamos dizendo é que o judeu tem essa aliança com D-us, e D-us diz : "uma aliança perpétua entre mim e vós".

E isso aconteceu já na Nova Aliança, ou seja, após a morte do testador.[b][u]


Última edição por Mashmid em Dom Jan 04, 2009 9:44 pm, editado 4 vez(es)

Mashmid

Mensagens : 241
Data de inscrição : 11/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

CONTINUAÇÃO...

Mensagem por Mashmid em Dom Jan 04, 2009 6:55 am

A dificuldade dos cristão com respeito a Hermeneutica

Assim como acontece com as Alianças, assim também com as epístolas, os cristãos têm dificuldade em perceber quando uma epístola é dirigida a determinada pessoa ou grupo de pessoas.

Da mesma maneira que eles não entendem que nós não apregoamos a obrigação das leis judaicas aos gentios, eles também não entendem que os gentios não devem apregoar a quebra dos mandamentos aos judeus.

Por exemplo, uma epístola que é dirigida aos gentios que eles querem interpretar que é dirigida também aos judeus é a Epístola de "Aos Gálatas".

Como o próprio nome já diz, a epístola era para os "Gálatas" e não para judeus, pois os gálatas não eram judeus.

Vide o link da Wikipedia : [url=http://pt.wikipedia.org/wiki/Galácia ]http://pt.wikipedia.org/wiki/Galácia [/url]

"Parece que, por volta de 278-277 a.C., um grande número de celtas da Gália ou gauleses, que os gregos chamavam de Galátai (daí o nome desta região), atravessaram o Estreito do Bósforo e se estabeleceram nesta região. "

Segundo o que o próprio Paulo diz, ele foi enviado aos gentios e não aos judeus, portanto as epístolas de Paulo são todas objetivadas aos gentios.

(Gálatas 2:7) - Antes, pelo contrário, quando viram que o evangelho da incircuncisão (gentios) me estava confiado, como a Pedro o da circuncisão (judeus)

(Gálatas 2:8 ) - (Porque aquele que operou eficazmente em Pedro para o apostolado da circuncisão, esse operou também em mim com eficácia para com os gentios),



Nessa espístola Paulo ensina aos gentios a afastarem-se dos Judeus crentes em Yeshua que os obrigavam a circuncisão e a guarda das leis judaicas.

Paulo não diz que os judeus não devem guardar às leis, o que ele diz é que gentios não guardem as leis que foram obrigadas aos judeus, visto que os gentios não são participantes dessas alianças.

(Gálatas 2:3) - Mas nem ainda Tito, que estava comigo, sendo grego, foi constrangido a circuncidar-se;


Com a pregação dos judeus de Jerusalém que importunavam aos gentios de que deveriam se circuncidar e guardar às leis judaicas, então os gentios ficaram com dúvidas se seriam salvos sem guardar as leis judaicas; sendo assim, estavam fracos na fé, duvidando se apenas crer em Yeshua seria o suficiente.

Esses judeus apregoravam que se eles não se circuncidassem não se agregariam às promessas de Avraham.

Essa foi a preocupação de Paulo, pois havia judeus obrigando aos gentios à conversão total ao judaísmo, para que se tornacem participantes das promessas de Avraham.

Mas Paulo fala que a promessa feita a Avraham foi pela fé. Sendo assim, os gentios são justificados pela mesma fé que teve Avraham.

(Gálatas 3:8 ) - Ora, tendo a Escritura previsto que D-us havia de justificar pela fé os gentios, anunciou primeiro o evangelho a Abraão, dizendo: Todas as nações serão benditas em ti.


Mas preste atenção, o texto diz "havia de justificar pela fé os gentios". O texto não diz "judeus" , diz "gentios".

Pois as alianças feitas com Israel são "perpétuas" e como disse Yeshua "até que o céu e a terra passem".

A Torah foi dada aos judeus e não aos gentios, portanto, o gentio é justificado exclusivamente pela fé, mas isso não exclui os judeus de suas alianças com D-us.

Sabendo também que há leis para os gentios, como proposto no concílio de Jerusalém.

Novamente atente que a epístola de aos gálatas se dirige aos "gentios", dizendo sobre a justificação pela fé "DOS GENTIOS".

Mesmo com as alianças , os judeus crentes em Yeshua não se dizem justos por causa dos mandamentos seguidos, pois como foi dito "não há um justo que faça o bem e não peque".

Somos justificados no Mashiach.


P'ra que se preocupar com rituais?

Os rituais não foram criados por Moshe (Moisés), mas antes foram dados a Moshe, o qual recebeu de D-us esses rituais.

Portanto, quem despreza a isso despreza a D-us que o deu.

E por falar em ritual, por acaso, o que é o Batismo!?

Não são rituias o Batismo e também a ceia que é chamada pelos cristãos de santa-ceita?




Era Paulo um enganador?



Judeus que são contra Yeshua, geralmente utilizam os textos que dizem que Paulo se fez judeu para judeus.

Eles afirmam que Paulo era um enganador e fingido, e que se disfarçava de judeu, fingindo guardar a Lei.

E o pior de tudo é que são os cristãos os que dão margem a essa interpretação, dizendo também os cristãos que Paulo se fazia de judeu.

É o mesmo que o chamar de fingido e enganador.

Estando eu em um debate, um evangélico utilizou-se do texto a seguir para dizer que Paulo se fazia de judeu.

E o pior é que o texto é tão nítido que não entendo como não conseguem entender.

Só que veja a interpretação real do texto logo após:


(Atos 21:21) - E já acerca de ti foram informados de que ensinas todos os judeus que estão entre os gentios a apartarem-se de Moisés, dizendo que não devem circuncidar seus filhos, nem andar segundo o costume da lei.

(Atos 21:22) - Que faremos pois? em todo o caso é necessário que a multidão se ajunte; porque terão ouvido que já és vindo.

(Atos 21:23) - Faze, pois, isto que te dizemos: Temos quatro homens que fizeram voto.

(Atos 21:24) - Toma estes contigo, e santifica-te com eles, e faze por eles os gastos para que rapem a cabeça, e todos ficarão sabendo que nada há daquilo de que foram informados acerca de ti, mas que também tu mesmo andas guardando a lei.



O texto diz: " E já acerca de ti foram informados de que ensinas todos os judeus que estão entre os gentios a apartarem-se de Moisés".

Novamente estamos no mesmo dilema do fermento dos fariseus, só que agora são "os informantes" os acusadores.

Esses informantes disseram aos judeus em Jerusalém que Paulo andava ensinando contra a Lei e que ensinava aos judeus a se apartar das Leis judaicas.

O interessante é que os cristão assim como crêem nos Fariseus, também crêem na mentira desses informantes, que acusavam a Paulo inlegitimamente.


O texto diz: "Faze, pois, isto que te dizemos: Temos quatro homens que fizeram voto."


Os chaverim que estavam com Paulo disseram a ele para que tomasse esses quatro homens que estavam de voto.


Esses quatro homens estavam fingindo que estavam de voto ou realmente estavam de voto?


O texto continua : "Toma estes contigo, e santifica-te com eles, e faze por eles os gastos para que rapem a cabeça"


Paulo deveria tomar esses quatro homens com ele, e santificar-se com eles.


Paulo se santificaria verdadeiramente ou enganosamente ? Ele pagaria os gastos da tosquia dos homens por fingimento para se fazer judeu?


Diz o texto : "e todos ficarão sabendo que nada há daquilo de que foram informados acerca de ti, mas que também tu mesmo andas guardando a lei. "


Todos ficarão sabendo que nada há daquilo que foram informados, ou seja, o que disseram não existia, não era verdade , eram mentiras faladas contra Paulo.

Há traduções mais claras do que essa, que dizem : "e todos ficarão sabendo que não é verdade o que informaram".

Os quatro homens e também Paulo, não estavam fingindo a cituação, eles realmente estavam de voto e se santificando.

E para mostrar que os informantes estavam realmente mentindo, ele faz segundo o conselho dos chaverim que estavam com ele.

"Mas que também tu andas guardando a lei", para mostrar que ele também guardava a lei.


A Brit Chadasha afirma que Paulo continuava guardando a Lei, mesmo estando na Nova Aliança.


Para reforçar ainda mais o que eu disse , a Brit Chadashah ainda fala de um voto particular de Paulo. Mas será que ele estava fingindo estar de voto?

Vejamos o texto:

(Atos 18:18 ) - E Paulo, ficando ainda ali muitos dias, despediu-se dos irmãos, e dali navegou para a Síria, e com ele Priscila e Áqüila, tendo rapado a cabeça em Cencréia, porque tinha voto.


Como diz o texto: "tendo rapado a cabeça em Cencréia, porque tinha voto".

Paulo havia feito um voto de Nazireado e havia raspado a cabeça para oferenda dos cabelos, igualmente os quatro homens citados anteriormente.

Novamente eu faço a pergunta : "Era Paulo um enganador?"





Nas epístolas vemos sempre a Paulo exortando aos gentios para que não se deixem circuncidar, como diz:

(Gálatas 5:2) - Eis que eu, Paulo, vos digo que, se vos (gálatas) deixardes circuncidar, Cristo de nada vos aproveitará.

O motivo já foi explicado, pois gentios não são obrigados dessa aliança.

Mas há algum problema de um judeu da Nova Aliança ser circuncidado? Estaria sendo apartado do Mashiach?

(Atos 16:3) - Paulo quis que este (Timóteo) fosse com ele; e tomando-o, o circuncidou, por causa dos judeus que estavam naqueles lugares; porque todos sabiam que seu pai era grego.
(Atos 16:4) - E, quando iam passando pelas cidades, lhes entregavam, para serem observados, os decretos que haviam sido estabelecidos pelos apóstolos e anciãos em Jerusalém.


Veja que aquilo que foi dito para os Gálatas não vale para Judeus.

Mas os evangélicos dizem que Paulo só circuncidou a Timóteo por causa dos judeus que haviam em Jerusalém.

Ele ficou com medo dos Judeus de Jerusalém? Circuncidou a Timóteo para fingir que guardava a Torah? Ou porque não havia problema em circuncidar a Timóteo por ser filho de judia?

Pois Paulo achou por bem circuncidar a Timóteo justamente por ser judeu e estaria errado comparecer com um judeu (que viveu como gentio) a Jerusalém, pois não estaria conforme as leis. Timóteo havia se achegado agora à comunidade de Jerusalém e como judeu deveria ser circuncidado.

A comunidade de Jerusalém era composta por judeus, e esses eram rígidos, como foi dito : "em Jerusalém há milhares que crêem e todos são zeladores da Lei"


Então a epístola de "Aos Gálatas" não é válida para um caso como esse de Timóteo.


Para que se preocupar com alimentação?

Um rapaz evangélico me disse que Yeshua purificou a todos os alimentos e que agora todos os alimentos são permitidos para consumo.

O texto utilizado foi este:

(Marcos 7:19) - Porque não entra no seu coração, mas no ventre, e é lançado fora, ficando puras todas as comidas?


Ele se baseou na expressão : "ficando puras todas as coisas".


Eu perguntei a ele se isso era literal e ele disse que sim.


Então perguntei se o debate entre Yeshua e os opositores era concernente à alimentação. E ele respondeu que sim.


E perguntei, "como foi que se iniciou esse debate?". Mas não obtive respostas.


Mais uma caso de versículo isolado sem contexto.


O debate de Yeshua iniciou-se com a acusação de que os discípulos de Yeshua comiam sem fazer Netilat Yadaim (a lavagem das mãos).

(Marcos 7:3) - Porque os fariseus, e todos os judeus, conservando atradição dos antigos, não comem sem lavar as mãos muitas vezes;


O debate não era a respeito do que comiam, não era a comida em si, mas sim sobre o comer sem lavar as mãos.


Yeshua diz que o alimento sem lavar as mãos não é o que contamina o homem (no espírito), mas sim o que sai do coração (pois procede da alma). Isso se refere aos bons e maus pensamentos.

Como diz: "do que fala a boca está cheio o coração".

Se a passagem fosse literal, então, o que é que sairia do coração senão sangue?

Até a palavra "coração" nesse texto é figurativa, pois todos sabemos que os pensamentos são desenvolvidos no cérebro e não no coração.

Então, veja que não se pode interpretar literalmente.


O debate era sobre Netilat Yadaim (lavagem das mãos) e não sobre alimento.


Cheguei a perguntar ao rapaz : "Se o que entra não contamina, então, posso comer sangue?


Novamente ele não respondeu.


Será que não percebem essas coisas?


Outra passagem interessante está em Atos 10, quando Pedro tem a visão de animais da terra, e ouve uma voz dizendo : "Pedro, mata e come".

Pedro responte : "De modo nenhum, senhor, porque nunca comi coisa alguma comum e imunda"


O interessante é que mesmo que D-us dissesse a Pedro para transgredir uma lei, Pedro ainda diria "De modo algum". Rs

Daí dá para ver o quanto ele era zeloso quanto a esse mandamento.

Mesmo sendo visão figurativa, pois figurava a pessoa de Cornélio, no instante em que Pedro tem a visão ele pensa ser literal e que realmente deveria matar e comer.

Só depois entendeu que a visão se tratava de Cornélio, para que ele não chamasse de impuro ao gentio o qual D-us havia santificado.

Então fica claro que Pedro ainda seguia aos mandamentos concernentes aos alimentos, e isso vivendo já na Nova Aliança, ou seja , na famosa "graça" citada pelos cristãos para desmerecer a Lei.

Até a palavra "graça" é incompreendida pelos cristãos e entendem "graça" como sendo algo contrário a Lei.

Não sabendo eles que a Lei foi dada pela graça de D-us.

Utilizam sempre o versículo que diz: "O fim da Lei é Cristo".

Só que não sabem que no texto grego a palavra "télos" pode ser traduzida como "finalidade".

Ou seja, "A finalidade da Lei é o Messias".

Por que a finalidade da Lei é o Messias?

Porque desde Bereshit (Gênesis) até o último profeta, todos apontam para um único caminho que é o Mashiach. A finalidade da Lei é apontar ao Mashiach.

Yeshua disse : "(Mateus 11:13) - Porque todos os profetas e a lei profetizaram até João."

O que profetizaram até João ? Profetizaram sobre o Messias.

Pois a finalidade de toda a lei e dos profetas sempre foi apontar ao Messias.

O último a profetizar sobre o Messias foi João.

E ainda tem gente que interpreta que isso significa o fim dos profetas, ou seja, dizem que após João não haveria mais profetas.

Mas será que não enxergam o que lêem? Veja o que diz o texto:

(Atos 21:10) - E, demorando-nos ali por muitos dias, chegou da Judéia um profeta, por nome Ágabo;

Daí podemos ter uma idéia de como é deturpada a interpretação desses cristãos.

O mal de tudo é que os cristãos já têm suas opiniões cauterizadas por tanto ouvir idéias dentenciosas.

Até as traduções são tendenciosas. As traduções tendem aos ensinamentos cristãos, fazendo de tudo para insuflar suas doutrinas na mente de seus seguidores.

Tornando-os pequenos, ou melhor dizendo, os menores no reino.

Como foi dito : "Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus;"

E assim ensinam contra os mandamentos (Torah).

Espero que abram as vossas mentes e não sejam como uma ostra cuja única defesa é se fechar.

Se é que isso é defesa. Ou não sabeis que a ostra só produz a pérola quando é ferida?

Talvez o que repute por mal é na verdade o teu bem.

Shalom a Todos!!!!

Mashmid

Mensagens : 241
Data de inscrição : 11/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Jefté em Qui Abr 01, 2010 11:15 pm

Olá Mashmid

Acho muito boa a sua forma de expressar e de ensinar sobre o hebraico, embora eu não saiba nada dele.
E gostei muito das suas contestações em video a respeito das adulterações dos nomes próprios defendidas pelo Sr. Luiz Cládio.
E também da sua paciência em dialogar c/ o Fco.
Também sou um cristão!

Com respeito ao assunto desse tópico, creio que tudo se resume nisso:


"Não sabeis vós, irmãos ( pois que falo aos que sabem a lei ), que a lei tem domínio sobre o homem por todo o tempo que vive?"(Rom. 7:1)
A lei tem total domínio sobre o homem por todo o tempo que vive!
Mas morto o homem está livre da lei!

"Porque a mulher que está sujeita ao marido, enquanto ele viver, está-lhe ligada pela lei; mas, morto o marido, está livre da lei do marido." (Rom. 7:2)

"De sorte que, vivendo o marido, será chamada adúltera se for de outro marido; mas, morto o marido, livre está da lei, e assim não será adúltera, se for de outro marido." (Rom. 7:3)

"Assim, meus irmãos, também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo, para que sejais de outro, daquele que ressuscitou dentre os mortos, a fim de que demos fruto para Deus." (Rom. 7:4)

Em suma:
Da mesma maneira que recebemos o completo perdão das ofensas cometidas baixo ao primeiro testamento (em Adão), pela morte de Jesus; também na Sua morte, morremos para a lei - pois a lei tem direito sobre o homem somente enquanto vive.
E se a nossa morte (embora não nos trouxesse o perdão), nos tiraria de tudo;
assim, muito mais a morte de Cristo, pois essa, além de nos dá pleno perdão, também nos tira:
do pecado, (não mais tendo sobre nós domínio);
desse mundo, que verdadeiramente não mais nele viveríamos;
e da própria lei, (pois o morto não mais está sujeito a lei)
Porque a morte Jesus por nós é igual a nossa.

Porquanto Deus de antemão a tudo isso preparou; e de agora em diante devemos viver para Aquele que c/ Seu sangue nos comprou!
E quando Deus nos faz morrer juntamente c/ Jesus, na Sua morte; verdadeiramente morremos para tudo! até p/ a lei; para que possamos viver p/ Deus! de maneira que agora devemos viver por Aquele que por nós morreu e ressuscitou!

Também após dessa morte (pela fé em Cristo) é que a nova criatura é gerada (Jo. 1:13 - II Cor. 5:17).
Portanto, por isso é que tudo se fez novo.
E se outrora éramos destituídos da glória de Deus, e criaturas filhos da ira; em Jesus VERDADEIRAMENTE nos tornamos filhos amados p/ Deus (pois o mesmo Pai vos ama, visto que vós me amastes e crestes que saí de Deus - João 16:27)
E assim, se antes éramos por natureza filhos da ira, hoje somos o bom perfume de Cristo tanto nos que se salvam quanto nos que se perdem.
Cheiro de Cristo - porque o Senhor veio VERDADEIRAMENTE nos fazer filhos amados de Deus, sendo Ele, Jesus, o primogênito entre muitos irmãos.
Pois nos fez semelhantes a Si mesmo - da mesma maneira que Adão nos fez semelhantes a si, pela desobediência - sendo essa semelhança na carne - assim Cristo - muito mais - pelo amor, obediência, vida, morte e ressurreição - e pelo poder de Deus - nos faz e fez filhos semelhantes a Si, no Amado! Amém! (I Cor. 15:49)
Por isso, agora, temos a liberdade de Jesus.
Por isso, agora vivemos no reino de Deus - pois a morte de Yeshua não foi em vão - Ele morreu p/ nos ressuscitar em vida!
E para nos fazer assentar nas regiões celestiais em Cristo.
E assim que, se no Éden tudo o que Adão fizesse (c/ exceção do comer do fruto da árvore da ciência do bem e do mal), era benéfico e aprazível a Deus - porque era puro, sem pecado e na glória de Deus - assim muito mais é agora - por causa da obra de Cristo, feita por nós. Amém!
E pergunto: em que Cristo poderia se manchar???
Acaso seria se comesse alguma criatura de Deus??
Conforme diz o mesmo Senhor: "O que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem." (Mat. 15:11)

Um abraço!
Jefté


Jefté

Mensagens : 4
Data de inscrição : 01/04/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Jefté em Sab Abr 03, 2010 6:01 pm

Olá Mashmid

Sobre seu estudo sobre a Segunda Aliança
Você diz: Quando foi que deu início a segunda aliança?

O Brit Chadasha deu início logo após a morte de Yeshua, pois antes de sua morte estávamos ainda sob a Lei de purificação através de sangue de animais.

Após a morte de Yeshua iniciou-se a purificação através de seu sangue.

Isso significa abolição da lei dos sacrifícios? Não, pelo contrário, é sim a continuação dessa lei só que agora não com sacrifícios de touros e bodes, mas com um sangue mais excelente.
Ora, creio que não é bem assim!
A Segunda Aliança começou na verdade, a partir do batismo de Jesus!
Ali no batismo de Cristo é que Ele foi ungido Sumo Sacerdote Eterno segundo a ordem de Melquisedeque. (Sal. 110:4) Porque não foi a morte que lhe ungiu! A morte consumou-lhe a vitória!
Por essa razão mesmo é que Jesus disse:
"Pois, qual é mais fácil? dizer: Perdoados te são os teus pecados; ou dizer: Levanta-te e anda? Ora, para que saibais que o Filho do homem tem na terra autoridade para perdoar pecados ( disse então ao paralítico ): Levanta-te, toma a tua cama, e vai para tua casa." (Mat. 9:5-6)
Por isso, o Senhor curava, expulsava demônios, andava por cima das águas, dava a salvação e o perdão completo dos pecados (já no evangelho).
Por que isso??
- Simplesmente porque Ele é Deus!
E quem o impediria de operar??
Conforme diz: Se Deus é por nós, quem será contra nós???
Mesmo que o Senhor ainda não tinha derramado Seu sangue por nossos pecados - mas nada, nada mesmo, o poderia "impedir" de operar mediante a fé dos que Lhe criam. Amém!
Por que o Senhor é Deus Salvador!
Porque o Senhor é Aquele que desde a antiguidade fora prometido pelo Pai Deus, que haveria de vir.
E quando viesse, viria em fraqueza da carne - mas c/ todo o poder de Deus - que é Ele mesmo!
Lembrando-nos de que Ele é a fé! Ele é o Autor da fé! Ele é o Consumador da fé! E é o próprio Deus!
E porque não salvaria e perdoaria e agiria c/ todo o Seu poder???
Para calcularmos isso, somente atentemos aos profetas (que eram apenas homem) e que fizeram maravilhas c/ o poder de Deus.
Imagina agora, Aquele do qual se testifica:
"Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz." (Is. 9:6)

Desse, meu irmão; não haveria limites p/ a salvação, redenção, justificação, santificação e perdão!
Porque Ele veio especificamente para isso dar ao homem - feito à Sua imagem e semalhança!
Podemos notar: os evangelhos estão repletos da salvação (da qual o Senhor é o Autor e Senhor) e em todo o seu ministério a "operou grandemente" embora muitos de nós não a conseguimos perceber.

E faço-te uma pergunta:
Quando o Senhor disse ao paralítico: a ti, te digo: levanta, toma a tua cama e anda - isso não ocorreu de imediato??
Sim!
E quando o Senhor (que não pode mentir) disse a esse mesmo paralítico: filho, os teus pecados estão perdoados - o que aconteceu verdadeiramente naquele instante???
Eu digo pela fé: Aconteceu exatamente como o Senhor o proferiu - e muito mais forte do que quando Adão pela desobediência se tornara mau e mortal.
Porque a fé é mais poderosa do que as obras do mal - e se Adão se contaminou num segundo pela sua falta de fé e desobediência - muito mais num segundo Aquele que faz todas as coisas também perdoou o paralítico naquela exata hora de todos os seus pecados! Amém!
Simplesmente por isso: "O Verbo se fez carne e habitou entre nós..."


Jefté

Mensagens : 4
Data de inscrição : 01/04/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Mashmid em Seg Abr 05, 2010 6:47 pm

Jefté, eu comento sobre a bíblia porque eu conheço e é o mesmo que comentar sobre qualquer assunto ou livro que eu tenha conhecimento, mas, eu não acredito na bíblia.

Mas, vejamos...então, o deus jesus recebeu o outro deus espírito santo dentre de si, e após isso ele virou sumo-sacerdote?

Quer dizer então que jesus já havia se oferecido com sacrifício?

Está escrito:

(Hebreus 9:22) - E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão.

Não há remissão de pecados sem derramento de sangue, e segundo diz a bíblia, jesus derramou o seu sangue como remissão.

(Colossenses 1:20) - E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus.

(Hebreus 9:12) - Nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção.
(Hebreus 9:13) - Porque, se o sangue dos touros e bodes, e a cinza de uma novilha esparzida sobre os imundos, os santifica, quanto à purificação da carne,
(Hebreus 9:14) - Quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará as vossas consciências das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo?

O véu do templo se rasgou quando ele foi batizado ou quando espirou na cruz?

(Marcos 15:37) - E Jesus, dando um grande brado, expirou.
(Marcos 15:38) - E o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo.

O véu que se rasgou, o que representa?

O testamento tem poder enquanto o testador vive?

(Hebreus 9:15) - E por isso é Mediador de um novo testamento, para que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia debaixo do primeiro testamento, os chamados recebam a promessa da herança eterna.

(Hebreus 9:16) - Porque onde há testamento, é necessário que intervenha a morte do testador.
(Hebreus 9:17) - Porque um testamento tem força onde houve morte; ou terá ele algum valor enquanto o testador vive?

Pelos textos citados, agora eu pergunto, quando foi que se iniciou o "novo testamento" que diz em Heb 9? Enquanto Jesus era vivo?

Bem, mas, mudando de assunto, se vc conseguir refutar a todos os textos que escrevi nos tópicos "O início da idolatria - Trindade e Triunidade" e no tópico "TRINDADE E UNICISTAS IDÓLATRAS", aí eu digo que jesus é um deus.

Pois, crer que um homem é um deus é horrível.

Mashmid

Mensagens : 241
Data de inscrição : 11/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Jefté em Seg Abr 05, 2010 8:21 pm

Olá Mashmid

Quando Jesus é batizado inicia-se seu ministério - Sumo Sacertote segundo a ordem de Melquisedeque, profetizado no Velho Testamento:
"Jurou o Senhor, e não se arrependerá: Tu és um sacerdote eterno, segundo a ordem de Melquisedeque." (Salmos 110:4)

E pergunto a você: se você conhece a Bíblia; a quem então se refere o verso em questão, e de quem está falando???
Quem é o sacerdote eterno segundo a ordem de Melquisedeque??

Acaso são palavras sem propósito e fundamento??
Acaso estaria Deus falando ao vento ??

----------------------

Quanto à purificação dos pecados: Jesus veio para cumprir sua missão; e sabia perfeitamente o que ia fazer e o que ia passar; de onde veio e para onde ia!
E mesmo que ainda isso não houvera se concretizado (sua morte), pelo poder de Deus já perdoava aos homens, já os salvava, já os curava e pregava o evangelho do reino de Deus!
"E ele disse: As obras que eu faço testificam de mim, que o Pai me enviou." (João 5:36)

E eu pergunto a você:
Acaso duvidas ou não crê que Moisés pelo poder de Deus tenha abrido o mar vermelho??
ou que Josué tenha parado o sol?
Ou que Sansão tenha derrubado c/ o Espírito do Senhor o palácio dos filisteus??
Não sei se sua resposta será sim ou não....

Mas a minha é sim! eu creio!
E por assim crer; por crer e conhecer a palavra de Deus dita no Velho Testamento anunciando a vinda do Messias (não poderoso segundo a carne... não violento... não matador... não espancador... não maligno... não derramador de sangue alheio - por isso creio em Jesus!)

"Único" homem neste mundo que fez o bem a todos (sem excessão); amou a todos: amigos e inimigos e morreu pedindo perdão pelos que o crucificaram!
E ressuscitou ao terceiro dia! (Oséias 6:2 - Salmo 16:10)
Ele assim fez, e assim ensinou... e eu creio!
Creio no amor, no bem, no perdão de Deus e do perdão de Deus aos homens.... pelo evangelho de Cristo - pelo Seu sangue derramado (sangue de homem) e não de ovelhas e de cabras.
E creio que com ele, devo aprender a amar inimigos... a bendizer quem maldiz... a fazer bem a quem me odeie... e a orar por quem me maltratar ou perseguir....
a vencer o mal com o bem!

Por isso diz o Velho Testamento:
"Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém; eis que o teu rei virá a ti, justo e salvo, pobre, e montado sobre um jumento, e sobre um jumentinho, filho de jumenta." (Zacarias 9:9)
E esse rei disse: "O meu reino não é deste mundo...."

E quando ao véu do templo, esse rasgou-se de alto a baixo no momento de sua morte na cruz.
Ali, naquele momento, acabava-se eternamente a separação entre Deus e os homens - pois isso desfez o feito de Adão no Éden.
Por um homem entrou o pecado e a morte no mundo! (Gêneses 2:17)
Também por um homem veio o a paga do pecado pela sua morte sem pecado (Isaias 53).

E novamente quanto a purificação dos pecados; eu pergunto:
Quem pecou?? o homem ou o animal ??
Ora, sabemos que foi o homem pois o animal nem conciencia disso tem!
Então, por que o animal morria em lugar do homem??
Ora, se o homem pecou, então o homem é que tem que pagar c/ a morte pelo seu pecado.
Por isso, era necessário um sacrifício de "um" homem para pagar pelos pecados de todos - exatamente como também foi por "um" homem que o pecado entrou!
Por isso, veio o Filho de Deus.
E para comprovação disso, veja o salmo 2:7
"Proclamarei o decreto: o Senhor me disse: Tu és meu Filho, eu hoje te gerei."

Por isso diz:
"Quem subiu ao céu e desceu? Quem encerrou os ventos nos seus punhos? Quem amarrou as águas numa roupa? Quem estabeleceu todas as extremidades da terra? Qual é o seu nome? E qual é o nome de seu filho, se é que o sabes?" (Provérbios 30:4)

Por isso diz:
"Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz." (Isaias 9:6)

De novo pergunto: As palavras do Velho Testamento são vazias?? e ditas ao vento??
Acaso elas não terão cumprimento??
Por que foi dito isso e com que finalidade???

E de novo pergunto:
Na época da deportação para a Babilônia, Israel estava em grande pecado p/ com o Senhor e passaram 70 anos fora de Israel; e por que após a vida de Cristo que morreu aproximadamente no ano 33 dessa Era, passaram-se mais 37 anos e Israel foi varrido do mapa e ficou 1900 anos sem pátria e sem templo??

Não digo isso para ofender-te!
Digo para questão de meditação...
Contudo a fé é livre; é espontânea e jamais pode ser imposta!

Um abraço!

Jefté

Mensagens : 4
Data de inscrição : 01/04/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Mashmid em Ter Abr 06, 2010 5:46 pm

Ok amigo, se vc acredita assim, assim seja.

Bem, meditar eu já meditei muito, e exatamente por isso que tenho a opinião que tenho hoje.

Mas, quanto a esses argumentos, eu já os conheço há anos, vc não é o primeiro e nem será o último que vai dizer isso.

Se vc acredita assim e assim é feliz, então, seja feliz.

Cada um está livre para acreditar no que quiser, ainda que seja no Peter Pan.

Mashmid

Mensagens : 241
Data de inscrição : 11/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Jefté em Qua Abr 07, 2010 6:19 am

Diz o Velho Testamento:

"Vede entre as nações, e olhai, e maravilhai-vos, e admirai-vos porque realizo em vossos dias uma obra, que vós não crereis, quando vos for contada." (Hab. 1:5)

Realmente podemos crer até em Peter Pan.
Mas também sabemos que é ficção!
Quanto ao Novo Testamento - é o livro da história da humanidade, da história dos homens que foi mais bem documentado (possuindo hoje nos museus afora 5600 manuscritos só em grego datados dos século IV a XVI; possui quase 100 mil cópias em outras línguas), é o mais divulgado, impresso, lido, mais traduzido em todas as Eras. Veja quanto testemunho o rodeia? Hoje, estamos no dia 7 de abril de 2010 depois de Cristo - História).
Ou seja, isso não se fez em qualquer canto.

E se somos livres para crer até a mentira, também o somos para crer a verdade.
Mas isso não pela imposição... mas pela fé!
Só sei que o mandamento do Senhor Deus dado por Cristo é a vida eterna aos que lhe creram e receberam...
E espero que um dia possa ver isso.

E de novo digo: gostei muito da explanação sobre os nomes próprios em hebraico transliterados para o grego e demais línguas que você esclareceu...
Um abraço!

Jefté

Mensagens : 4
Data de inscrição : 01/04/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Mashmid em Qua Abr 07, 2010 7:50 pm

Olá Jefté.

Bem, quando ao tudo isso que vc disse, eu não vou comentar, pois, se vc ler os tópico deste fórum, vc verá que já tenho comentado sobre isso, e seria perda de tempo eu ter que falar tudo novamente.


Eu gosto mais de debates de voz, pois, se eu for escrever sobre tudo o que há de errado no novo testamento e os acréscimos contidos nele, aí eu teria que dedicar um bom tempo aqui, e não estou com muito tempo.

Mas, como eu disse, vc é livre para crer.

Se vc quiser falar sobre isso, me procure no paltalk que é chat de voz, aí fica mais fácil para conversarmos em bem menos tempo sem termos que nos dedicar muito tempo para falar a respeito desse assunto.

Sobre ficção, eu acredito que toda religião tem ficção , judaísmo, islam, cristianismo, espiritismo,etc..

Mas, como eu disse, seria melhor comentarmos no paltalk.

Mashmid

Mensagens : 241
Data de inscrição : 11/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

oi

Mensagem por Mamari007 em Ter Jan 11, 2011 12:32 pm

olá, meus amados estou aqui para deixar meu ponto de vista e dizer que Cristo nao alterou a lei mas a resumiu, e tambem quero dizer que nao foram totalmente abolidas as leis, mas algumas nao houve importancia para segui-las porque o novo testamento foi escrito nao somente para judeus mas para gentios(gentios nao tem obrigaçao de seguir os costumes judaicos como algumas festas e etc.), e tem mais quando lemos a palavra de Deus vemos o que deixou de valer ou nao deixou por exemplo; apedrejar uma pessoa quando comete pecado de aduterio e é pego no ato, outra o amor e a misericordia é mais salientado nao que no antigo testamento nao fale sobre a misericordia, muito pelo contrario fala e muito.Mas voltando ao ponto chave em questao Jesus Cristo nao alterou nada muito pelo contrario ajudou a melhorar ,ou seja, aperfeiçoou mais do que ja era.Porque entao se fosse assim iriamos fazer um novo holocausto hoje porque teriamos que matar muitos adulteros, ladroes e etc.A lei mosaica é perfeita mas aprouve a Cristo melhora-la.Nao estou dizendo que temos que deixar de observar as leis do pentateuco mas quando lemos a biblia como um todo ,ou seja, completamente vemos que ela se harmoniza e se completa mais uma vez nao estou dizendo que devamos deixar de cumprir a lei de moises mas devemos interpreta-la e analizar o que ainda esta prevalecendo e o que não está.Por favor nao venham escadalizar o que eu disse se voce é um ser pensante analize bem e julguepor si mesmo o que eu disse se é certo ou nao.

Mamari007

Mensagens : 21
Data de inscrição : 11/01/2011
Idade : 31
Localização : SAO JOAO CITY

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Mashmid em Sex Jan 21, 2011 12:33 pm

olá, meus amados estou aqui para deixar meu ponto de vista e dizer que Cristo nao alterou a lei mas a resumiu,

E resumo não altera absolutamente nada.

Por exemplo, se em um escritório há regras como:

- Jogar copos descartáveis no lixo
- Não jogar lixo no chão
- Não deixar papéis espalhados sobre a mesa
- Não deixar o chão sujo
- etc

Eu poderia resumir tudo isso na frase:

- Mantenha o local limpo e organizado.

Portanto, nenhuma ordem foi alterada ou abolida.



e tambem quero dizer que nao foram totalmente abolidas as leis, mas algumas nao houve importancia para segui-las porque o novo testamento foi escrito nao somente para judeus mas para gentios(gentios nao tem obrigaçao de seguir os costumes judaicos como algumas festas e etc.)


Não foram totalmente abolidas!? E porventura, quais foram parcialmente abolidas?

Pois é, foram escritas para os judeus e para os judeus continuam com a mesma importância.

Os gentios NUNCA foram obrigados a guardarem a qualquer lei judaica, a não ser que ele fosse um "GUER" e quisesse habitar entre os israelitas.

O Guer era obrigado a guardar à lei para que não contaminasse aos israelitas com culturas estranhas, então, se o GOY fosse GUER (aquele que habita entre os judeus) deveria seguir a lei dos judeus.


e tem mais quando lemos a palavra de Deus vemos o que deixou de valer ou nao deixou por exemplo; apedrejar uma pessoa quando comete pecado de aduterio e é pego no ato, outra o amor e a misericordia é mais salientado nao que no antigo testamento nao fale sobre a misericordia, muito pelo contrario fala e muito.

Deixou de valer!? Totalmente errado.

Por que não se apedreja ninguém hoje em dia?

- Porque não existe mais o San'hedrin

Segundo a Torah, alguém que fosse digno de apedrejamento, primeiramente deveria ser julgado pelos juízes, e como hoje não existe mais o San'hedrin, ninguém poderá ser apedrejado.


Essa lei não deixou de ser válida, apenas não cumprem porque para cumpri-la teriam que cumprir também o mandamento de levar o condenado aos juízes, e esses não existem hoje.

É o mesmo que acontece com a mandamento de se sacrificar o cordeiro na páscoa, não o sacrificam porque a lei ordena que deveriam sacrificá-lo no Templo, e hoje não existe Templo.


Mas voltando ao ponto chave em questao Jesus Cristo nao alterou nada muito pelo contrario ajudou a melhorar ,ou seja, aperfeiçoou mais do que ja era.

Não se aperfeiçoa algo que já é perfeito, isso não existe. Vc crê que deus é perfeito ou acha que dá para melhorar mais?


Porque entao se fosse assim iriamos fazer um novo holocausto hoje porque teriamos que matar muitos adulteros, ladroes e etc.

O que tem a ver ter que fazer holocausto com matar adúlteros e ladrões? Não entendi nada.



A lei mosaica é perfeita mas aprouve a Cristo melhora-la.

Como eu já disse, o que é perfeito não se melhora.

Pefeito é perfeito, se deve ser melhorado é porque não é perfeito.

O que vc disse é absolutamente contradizente.


Nao estou dizendo que temos que deixar de observar as leis do pentateuco mas quando lemos a biblia como um todo ,ou seja, completamente vemos que ela se harmoniza e se completa mais uma vez nao estou dizendo que devamos deixar de cumprir a lei de moises mas devemos interpreta-la e analizar o que ainda esta prevalecendo e o que não está.

Vc é goy, certo?

E quem disse que vc como goy tem que guardar a Lei Moisaica?

Nem o judaísmo diz isso.

No judaísmo ensinam que os goym só são obrigados às leis de Noach, e nem os discípulos de Yeshu disseram que vcs são obrigados a tais leis.


Por favor nao venham escadalizar o que eu disse se voce é um ser pensante analize bem e julguepor si mesmo o que eu disse se é certo ou nao.

Eu analisei, e segundo o que se vê na bíblia não é certo.

Se o sacrifício de expiação tivesse sido abolido por Jesus, já seria incoerente dizer que ele ofereceu-se em sacrifício.

Segundo o que diz o livro de hebreus, a lei de sacrifício permaneceu , apenas foi trocado o sangue de touros e bodes por um sangue mais excelente.

Sendo assim, nem mesmo a lei de sacrifício de expiação foi abolida, apenas trocou-se a vítima do sacrifício, tornando o sacrifício perpétuo mas não abolido.

E o mesmo livro também diz que não foram abolidas as leis de sacerdócio, continuam com um sacerdócio, mas, com outra ordem, a ordem segundo o sacerdócio de Malkitzedek.

Não se mudou a lei, mudou-se o sacerdote, e na mudança de sacerdote segue-se a ordem do sacerdócio segundo o da tribo de Judá, já que o messias é de Judá.

Ou seja, a ordem do sacerdócio levítico é para Levitas e não para Judeus da tribo de judá.

Portanto a lei levítica não foi abolida, ela apenas não cabe a um sacerdote de judá.

Mudando-se o sacerdote (de outra tribo) não será necessária a ordem de Levi, assim caindo em desuso.

Ou seja, não é praticada por desuso e não por abolição.

Se a ordem sacerdotal fosse abolida, um messias de judá não seria sacerdote.


O problema é que vc tem uma mentalidade cristã e já está condicionado a pensar como cristão.


Então, novamente eu digo, segundo a bíblia, absolutamente nenhum mandamento foi abolido, nem parcialmente.



Mashmid

Mensagens : 241
Data de inscrição : 11/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Diego em Dom Mar 20, 2011 6:16 am

Shalom achy Mashmid.

Jefté, eu comento sobre a bíblia porque eu conheço e é o mesmo que comentar sobre qualquer assunto ou livro que eu tenha conhecimento, mas, eu não acredito na bíblia.

Não entendi esse seu posicionamento, poderia explicar ?

Sobre isso farei alguns cometários e algumas perguntas para eu entender melhor o achy:

O Guer era obrigado a guardar à lei para que não contaminasse aos israelitas com culturas estranhas, então, se o GOY fosse GUER (aquele que habita entre os judeus) deveria seguir a lei dos judeus.

Eu entendo que nem judeu é OBRIGADO a respeitar a Torah, pois tanto Yehudi como goy podem escolher o que servir, contudo ambos serão julgados por suas ações (Rm 2:12).

Vc diz que a Lei só exige guarda da Torah para os guer, contudo te pergunto porque Sodoma e Gomorra foram destruídas? Não seria por causa de suas transgressões contra as Leis divinas já existentes?

Por qual motivos os goim não Messiânicos serão extirpados da Terra ?

Pode onde não se há Lei, existir transgressão??

Se os goim estão livres da Torah, podem esses matar, roubar,adulterar etc ?

Se o goim passa a servir o D'us dos Yehudim, esse não é enxertado na Oliveira (Ysrael)??

No ato da outorga da Torah, não estavam ali presentes Yehudim e goim?

Shalom shavua Tov.


Diego

Mensagens : 10
Data de inscrição : 19/03/2011
Localização : Fortaleza-Ce

Ver perfil do usuário http://img137.imageshack.us/img137/7195/jesus2000x0dc.jpg

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Mashmid em Ter Mar 22, 2011 12:49 am

Não entendi esse seu posicionamento, poderia explicar ?

Sou agnóstico, e às vezes faço algum comentário da bíblia, e pode parecer que eu acredite nela, por isso ressaltei não ter fé na bíblia.




Eu entendo que nem judeu é OBRIGADO a respeitar a Torah, pois tanto Yehudi como goy podem escolher o que servir, contudo ambos serão julgados por suas ações (Rm 2:12).



Bem, não sei se vc percebeu, mas, comentei sobre os Gerim da época de Moisés, e esses eram obrigados a guardar a lei.

Isso, não sou eu quem diz, é o que está na Torah.

שמות יב מט : (פסוק אחד) תורה אחת יהיה לאזרח ולגר הגר בתוככם

Shmot 12:49 - Uma mesma Torah haverá para o natural e para o GER que mora em vosso meio.


Ger é Goy convertido, e se eles quisessem morar no meio de Israel, seriam obrigados a guardar a Torah, caso contrário, teriam que sair do meio de Israel.


Vc diz que a Lei só exige guarda da Torah para os guer, contudo te pergunto porque Sodoma e Gomorra foram destruídas? Não seria por causa de suas transgressões contra as Leis divinas já existentes?

Bem, como vc pode ver, eu não digo o que penso, apenas repito o que está escrito.

Entenda primeiro o seguinte.

As leis dadas no SINAI não são as mesmas dadas a Noé e a Abraão.

Veja que no SINAI, o Ger que quisesse habitar entre Israel DEVERIA guardar as mesmas leis dos israelitas.

No caso de Sodoma e Gomorra, eram as leis de Noach, que também não deixam de ser TORAH.


Por exemplo, o primeiro princípio das leis de Noach é de não ter outros deuses.

Então, Sodoma e Gomorra não seriam julgados pelas Leis do Sinai e sim pelas Leis de Noach.


E nem teriam obrigação das leis do SINAI, porque elas não existiam.

No tempo de Sodoma e Gomorra, apenas as Leis de Noach existiam.

Portanto, segundo o judaísmo, os goym são julgados pelas leis de Noach.


Nem Abraão guardava às leis que os israelitas receberam no SINAI.


Além disso, existe o seguinte.

Como já diz o termo, GER vem de LAGUR(MORAR). GER é o GOY que quer morar no meio de Israel, e não se aplica a um GOY que está fora da comunidade israelita.

Então, referente as leis JUDAICAS, um goy não tem obrigação (E NÃO GER) de guardar o pacto do SINAI, mas, somente as leis que foram obrigadas a ele.

Vc pode ver esta mesma discussão que estamos tendo aqui em Atos 15. E nas epístolas de Paulo, por várias vezes ele exclui a observação das leis mosáicas aos goym que haviam crido em Yeshu.


Entendeu agora?


Por qual motivos os goim não Messiânicos serão extirpados da Terra ?

Pode onde não se há Lei, existir transgressão??

Bem, pessoalmente eu não acredito que goym irão ser extirpados.


Porém, como eu já disse, todo o goy tem a obrigação das leis de Noach e não das leis do SINAI.

Portanto, há lei para o goy.


Se os goim estão livres da Torah, podem esses matar, roubar,adulterar etc ?

O termo TORAH, se aplica às instruções dadas por H', por isso, até o TALMUD é chamado de TORAH.

Porém, hoje em dia, o termo TORAH é utilizado como referência ao CHUMASH.

Então, os goym não estão livres da TORAH que é para eles. Os goym têm as obrigações das leis que são para eles e não das leis que são para judeus.

E respondendo sua pergunta, eles não podem matar, roubar, adulterar, etc... mas, podem deixar de se circuncidar, comemorar pessach, shavuot, sukot,shnat yovel, yom kipur, etc...


Os Sacerdotes tinham leis específicas para eles, e essas leis não eram obrigatórias ao resto das tribos.

Da mesma forma há lei para o judeu não é a mesma para o goy, a não ser que ele se torne GER.

Entende?


Se o goim passa a servir o D'us dos Yehudim, esse não é enxertado na Oliveira (Ysrael)??


Segundo o NT , se tornam participantes da herança de Abraão, mas não das leis de Moisés.

Já que a promessa aos gentios veio por Abraão e não por Moisés.

Como diz: em ti serão benditas todas as famílias da terra.


Os goym foram categoriacamente proibidos por Paulo de se deixarem circuncidar.

E em vários textos ele ensina a não obrigação das leis do Sinais aos gentios.

Porém, o mesmo Paulo circuncidou a Timóteo, já que era filho de mãe judia.


No ato da outorga da Torah, não estavam ali presentes Yehudim e goim?

Sim, estavam.

O que tem?

Como eu já disse, a partir do momento em que Mosheh recebe as Leis do Sinai, se algum goy quissesse continuar no meio de Israel, seriam obrigados a guardar as mesmas leis dos judeus.



Mashmid

Mensagens : 241
Data de inscrição : 11/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Diego em Ter Mar 22, 2011 8:15 am

Shalom Adonay Lekulam.


Sou agnóstico, e às vezes faço algum comentário da bíblia, e pode parecer que eu acredite nela, por isso ressaltei não ter fé na bíblia.

Ué não foi o nobre irmão que escreveu isso? :

"Acredito nas escrituras sagradas, todavia a compreensão de seu conteúdo em vários textos é interpretativo."

Agora que fiquei sem entender mesmo.

Bem, não sei se vc percebeu, mas, comentei sobre os Gerim da época de Moisés, e esses eram obrigados a guardar a lei.

Sim Achy, percebi claramente, contudo ampliei o comentário dizendo que NINGUÉM é OBRIGADO a cumprir a TORAH da parte de D'US. O Homem pode escolher a benção e/ou a maldição (Dt 30). A Obrigação vem da parte de religiosos, a Torah deve ser cumprida pelo homem não de forma legalista, mas sim motivado pela fé, e deve ser assim porque ela não salva, apenas conduz o homem natural a viver espiritualmente.

שמות יב מט : (פסוק אחד) תורה אחת יהיה לאזרח ולגר הגר בתוככם

Shmot 12:49 - Uma mesma Torah haverá para o natural e para o GER que mora em vosso meio.

נכון, אבל היא מוגבלת למי ידי בחירה להחליט להיות משרתו של אדוני, ולא רק בגלל שהם רוצים לחיות בתוך ישראל.

Correto, mas isso se restringe a quem por livre escolha decidir ser um servo de Adonai e não somente porque se queira morar em Ysrael.


Ger é Goy convertido, e se eles quisessem morar no meio de Israel, seriam obrigados a guardar a Torah, caso contrário, teriam que sair do meio de Israel.

Exatamente, contudo com efeito salvífico a observação da Torah deve ser por meio de fé e não por constrangimento.

No caso de Sodoma e Gomorra, eram as leis de Noach, que também não deixam de ser TORAH.

Perfeito!! Tudo que sai da boca do Eterno é INSTRUÇÃO (Torah) e deve ser respeitada. Contudo minha pergunta foi embasada em querer entender sua postura de atribuir o dever da observância da Torah somente a Yehudim e Ger. Então perguntei porque Sodoma foi destruída, uma vez que pecado é transgressão a Instrução. Se os Sodomitas tivessem zelado pelas Instruções jamais seriam destruídos, mas eles não eram judeus e segundo você não eram chamados a observar. Aqui temos uma lacuna então, se os de Sodoma não tinham nada a ver com a Torah existente, será que D'us foi arbitrário ao destruir quem não tinha nada a ver com a Instrução ?


Vc pode ver esta mesma discussão que estamos tendo aqui em Atos 15. E nas epístolas de Paulo, por várias vezes ele exclui a observação das leis mosáicas aos goym que haviam crido em Yeshu.

O que eu percebo em At 15 é o que está escrito:

13 E, havendo-se eles calado, tomou Yaakov a palavra, dizendo: Varões irmãos, ouvi-me. 14 Shim'om relatou como, primeiramente, D'us visitou os goym, para tomar deles um povo para o seu nome. 15 E com isto concordam as palavras dos Profetas, como está escrito: 16 Depois disto, voltarei e reedificarei o tabernáculo de Davi, que está caído; levantá-lo-ei das suas ruínas e tornarei a edificá-lo. 17 Para que o resto dos homens busque a Adonay, e também todos os goym sobre os quais o meu nome é invocado, diz Adonay, que faz todas estas coisas 18 que são conhecidas desde toda a eternidade.


A Ordem profética é que os Goym creriam e seriam aceitos pelo Eterno, em seguida o Eterno novamente se voltaria para o tabernáculo caído de David, reestruturando e fazendo assim que a nações vivam de acordo com as normas instituídas para aquele tabernáculo, ou seja, a Torah.


19 Pelo que julgo que não se deve perturbar aqueles, dentre os goym, que se convertem a Adonay, 20 mas escrever-lhes que se abstenham das contaminações dos ídolos, da prostituição, do que é sufocado e do sangue. 21 Porque Moshe, desde os tempos antigos, tem em cada cidade quem o pregue e, cada sábado, é lido nas sinagogas.

O que vemos é que os pecados mais expositórios dos goym deveriam logo ser combatidos, pois nisso corria o risco daqueles recém convertidos tornassem aos velhos rudimento. O Fato de não se constranger (perturbar) os gentios se dá porque não se faz necessário, Porque Moshe, desde os tempos antigos, tem em cada cidade quem o pregue e, cada Shabat, é lido nas sinagogas. , ou seja os recém convertidos deveriam ir a sinagoga e lá aprenderiam sobre a Torah.

Bem, pessoalmente eu não acredito que goym irão ser extirpados.

Bem, não disse que os gentios serão extirpados, perguntei sobre os gentios que continuam no paganismo.
Vc pessoalmente pode até ACHAR que não haverá punição no final de todas as coisas, contudo a Torah aponta que podemos decidir pela BENÇÃO ou pela MALDIÇÃO, e diga-se de passagem somente os justos herdarão a Terra como possessão eterna (Sl 37:29,38 Pv 10:30 etc..). Isso ocorre porque o homem escolhe andar distante da Torah, que gera a fé que condiz com a expectativa divina (Tg 2:24).

Portanto, há lei para o goy.

Sim, há lei para os gentios e sabe qual é ela ?? A profecia aponta:

31 Eis que dias vêm, diz o SENHOR, em que farei um concerto novo com a casa de Israel e com a casa de Judá. 32 Não conforme o concerto que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito, porquanto eles invalidaram o meu concerto, apesar de eu os haver desposado, diz o SENHOR. 33 Mas este é o concerto que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o SENHOR: porei a minha lei no seu interior e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.

Essa é a nova aliança, feita no sangue do Messias. Aqueles que buscam fazerem parte do verdadeiro Ysrael, a nação Santa e Sacerdotal devem se tornar ger e viver sobre os preceitos da Torah, dada no Sinai na presença de Judeus e gentios.

Então, os goym não estão livres da TORAH que é para eles. Os goym têm as obrigações das leis que são para eles e não das leis que são para judeus.

Na revelação divina insta que os novos convertidos proveniente das nações, são enxertados em Ysrael (Rm 11: 17 e Jr 11:16), portanto herdeiros da promessa e da Torah, pois todas as alianças se cumprem em Ysrael e não em nações. Não existe leis para um e outros, não se tem exclusão nesse e em nenhum sentido, D'us derrubou o muro do pátio e agora TODOS tem livre acesso aos lugares celestiais e por isso são UM (Echad) mesmo povo.


E respondendo sua pergunta, eles não podem matar, roubar, adulterar, etc... mas, podem deixar de se circuncidar, comemorar pessach, shavuot, sukot,shnat yovel, yom kipur, etc...

Interessante essa teoria, mas o que tenho por concreto é que no reino Messiânico, gentios e Judeus se unem para celebrarem festas e a Torah (Zc 14;16-18, Is 66:2-23 etc..) E como queremos o Reino na Terra a busca começa hoje.

Os goym foram categoriacamente proibidos por Paulo de se deixarem circuncidar.

Então releia os textos. Paulo jamais iria contra uma coisa que ele mesmo praticava. Paulo combateu toda e qualquer forma de legalismo, ou seja, observância da lei meramente por constrangimento. Paulo e eu defendemos que o gentio não deve se circuncidar se isso for uma obrigação, um peso, mas caso seja motivado por fé é algo louvável e previsto na Torah (Ex 12:48). Perceba irmão a diferença de se pregar contra o legalismo e se ensinar anomia.

Porém, o mesmo Paulo circuncidou a Timóteo, já que era filho de mãe judia.

Irmão não se agarre a qualquer coisa para se justificar, pois vc em outro momento disse:

"Não acredito que ser judeu é ser filho de mãe judia, pois se fosse assim nem Avraham, Yitzchak e Yaakov seriam judeus."

Segundo vc mesmo Timóteo é gentio.

Como eu já disse, a partir do momento em que Mosheh recebe as Leis do Sinai, se algum goy quissesse continuar no meio de Israel, seriam obrigados a guardar as mesmas leis dos judeus.

Pois é irmão, vc resumiu tudo o que eu disse. Para ser um Judeu genuíno, herdeiro das promessas, enxertado na Oliveira, é necessário cumprir a Lei DIVINA, pois não existe Lei de Judeu, quem legislou a Torah não foram judeus e sim o próprio Criador. A Torah deve ser vista como a vontade de Deus para sua criação e não vontade de Judeus, e muito menos vontade de um deus que faz diferenciação entre suas criaturas.

Entendendo o enxerto na Oliveira clique aqui.

Meu coração brada louvores ao Eterno.

Shalom..

Lehitraot..



Diego

Mensagens : 10
Data de inscrição : 19/03/2011
Localização : Fortaleza-Ce

Ver perfil do usuário http://img137.imageshack.us/img137/7195/jesus2000x0dc.jpg

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Mashmid em Qua Mar 23, 2011 12:14 am

Olá Diego.

Amigo, por favor, antes eu gostaria de saber sobre vc.


Qual sua religião/crença/fé ?

Como se denomina sua crença?

Freqüenta alguma comunidade? Qual?



Por favor, não deixe de responder.



Agora que fiquei sem entender mesmo.

Deixe-me explicar.

Antes de eu abrir a este fórum, eu já era agnóstico.

Depois tentei voltar a crer.

Foi na minha última tentativa de voltar que eu abri este fórum, porém, não durou muito tempo.


Então, verá que nos tópicos mais antigos, eu ainda falo como crente.



Sim Achy, percebi claramente, contudo ampliei o comentário dizendo que NINGUÉM é OBRIGADO a cumprir a TORAH da parte de D'US. O Homem pode escolher a benção e/ou a maldição (Dt 30).

Amigo, veja bem.

Se vc quisesse morar na casa de alguém, todavia nessa casa há normas do tipo:

- não sair após as 22:00hs
- não andar de sapatos na casa
- lavar a louça após refeições
- dar descarga após usar o sanitário

Vc não é obrigado (coagido) a morar nessa casa, todavia se quiser morar nela, terá que seguir as normas.


O Ger que quisesse habitar no meio do povo, teria a obrigação (o dever) de cumprir as mesmas leis.


A Obrigação vem da parte de religiosos, a Torah deve ser cumprida pelo homem não de forma legalista, mas sim motivado pela fé, e deve ser assim porque ela não salva, apenas conduz o homem natural a viver espiritualmente.

Não, a obrigação (CHOVAH) vem da Torah : mitzvot, mishpatim e chukim.

Amigo, veja bem, livre-se desse chavão cristão, a Torah é extremamente legalista.

Prova disso é o próprio termo MISHPATIM.

A Torah trata de assuntos como Herança, Casamento, Litígio, Pleito, etc...


Como é que vc diz que Torah não é legalista?

Amigo, não repita o que ouviu dos outros, analise por si próprio.

Já ouvi diversas vezes cristãos sabatistas, messiânicos e nazarenos dizerem que a Torah não é legalista, sendo que o óbvio está diante da face.




נכון, אבל היא מוגבלת למי ידי בחירה להחליט להיות משרתו של אדוני, ולא רק בגלל שהם רוצים לחיות בתוך ישראל.

Correto, mas isso se restringe a quem por livre escolha decidir ser um servo de Adonai e não somente porque se queira morar em Ysrael.


Como eu já disse... quer morar na casa?



Exatamente, contudo com efeito salvífico a observação da Torah deve ser por meio de fé e não por constrangimento.

Como eu já disse, a obrigação nesse caso é CHOVAH.



Perfeito!! Tudo que sai da boca do Eterno é INSTRUÇÃO (Torah) e deve ser respeitada. Contudo minha pergunta foi embasada em querer entender sua postura de atribuir o dever da observância da Torah somente a Yehudim e Ger.


Interessante, vc acabou de concordar que TORAH é toda INSTRUÇÃO DE H’, e logo depois diz que eu falei que os goym não são obrigados da TORAH?


Esqueceu-se que por diversas vezes eu disse que os goym são obrigados a guarda à TORAH = LEIS DE NOACH ?

Amigo, cada qual com seu dever.


Não obrigue uma mulher a fazer circuncisão.

Está entendendo o que estou querendo dizer?


Ninguém segue a 613 mitzvot da Torah, porque ninguém é tudo ao mesmo tempo.

Os goym tem a sua parte da Torah.

Levi tem a sua.

Cohen tem a sua.

E as demais tribos a parte que cabe a elas.

Cada um cumpre a sua parte da Torah.


Será que vc entendeu desta vez?


Então perguntei porque Sodoma foi destruída, uma vez que pecado é transgressão a Instrução. Se os Sodomitas tivessem zelado pelas Instruções jamais seriam destruídos, mas eles não eram judeus e segundo você não eram chamados a observar.

Como eu já disse, Sodoma e Gomorra transgrediram a Torah.

Ou vc quer culpá-los por não terem feito Pessach?


Aqui temos uma lacuna então, se os de Sodoma não tinham nada a ver com a Torah existente, será que D'us foi arbitrário ao destruir quem não tinha nada a ver com a Instrução ?

Vc não está lendo direito o que escrevo. Se lesse com atenção, já teria percebido que eu disse que eles transgrediram à Torah.

Pois, vc mesmo concordou que as Leis de Noach são a Torah.



O que eu percebo em At 15 é o que está escrito:
13 E, havendo-se eles calado, tomou Yaakov a palavra, dizendo: Varões irmãos, ouvi-me. 14 Shim'om relatou como, primeiramente, D'us visitou os goym, para tomar deles um povo para o seu nome. 15 E com isto concordam as palavras dos Profetas, como está escrito: 16 Depois disto, voltarei e reedificarei o tabernáculo de Davi, que está caído; levantá-lo-ei das suas ruínas e tornarei a edificá-lo. 17 Para que o resto dos homens busque a Adonay, e também todos os goym sobre os quais o meu nome é invocado, diz Adonay, que faz todas estas coisas 18 que são conhecidas desde toda a eternidade.

Pois é, o texto diz : todos os goym sobre os quais o meu nome é invocado.

Não vi nada dizendo que eles têm que guardar o Pacto do Sinai.



A Ordem profética é que os Goym creriam e seriam aceitos pelo Eterno, em seguida o Eterno novamente se voltaria para o tabernáculo caído de David, reestruturando e fazendo assim que a nações vivam de acordo com as normas instituídas para aquele tabernáculo, ou seja, a Torah.

Pois é amigo, vc deve saber que o termo TABERNÁCULO é MISHKAN no hebraico.

O mishkan era o beit hamikdash móvel, feito de tendas.

Segundo Yeshu, o tabernáculo/beit hamikdash era o seu próprio corpo.

E não foi ele quem disse: Derribai esse templo, e em três dias eu o reedificarei ?

Então, qual é o suposto tabernáculo de David?

Também diz o NT que o corpo de cada cristão é o mishkan, onde habita a shechinah.

E agora, tem certeza que se trata de um mishkan real ou é um "mishkan espiritual" que diz no NT ?




19 Pelo que julgo que não se deve perturbar aqueles, dentre os goym, que se convertem a Adonay, 20 mas escrever-lhes que se abstenham das contaminações dos ídolos, da prostituição, do que é sufocado e do sangue. 21 Porque Moshe, desde os tempos antigos, tem em cada cidade quem o pregue e, cada sábado, é lido nas sinagogas.

Pois é, e acaso goym freqüentam sinagogas sem se tornarem gerim ? rs.

Vc acha que um goy poderia ficar no meio dos judeus em um serviço de shabat?

Amigo, tente penser um pouco como judeu.


Ou o goy faz gerut ou cai fora.


Quando Paulo fala que em cada sinagoga há quem ensine Mosheh, ele quer dizer :

- Já tem quem converta aos goym. Agora vcs também querem os converter?


Isso porque os judeus crentes em Yeshu queriam que os goym fizessem gerut.



O que vemos é que os pecados mais expositórios dos goym deveriam logo ser combatidos, pois nisso corria o risco daqueles recém convertidos tornassem aos velhos rudimento. O Fato de não se constranger (perturbar) os gentios se dá porque não se faz necessário, Porque Moshe, desde os tempos antigos, tem em cada cidade quem o pregue e, cada Shabat, é lido nas sinagogas. , ou seja os recém convertidos deveriam ir a sinagoga e lá aprenderiam sobre a Torah
.

Amigo, será que vc não leu os demais textos? Veja abaixo:

(Gálatas 2:14) - Mas, quando vi que não andavam bem e direitamente conforme a verdade do evangelho, disse a Pedro na presença de todos: Se tu, sendo judeu, vives como os gentios, e não como judeu, por que obrigas os gentios a viverem como judeus?


Está absolutamente claro que Paulo era contra gentios viverem como judeus.

Nem Pedro estava vivendo como judeu, e como é que queriam obrigar aos goym viverem como judeus?



Veja:

(Atos 15:24) - Porquanto ouvimos que alguns que saíram dentre nós (judeus) vos perturbaram com palavras, e transtornaram as vossas almas, dizendo que deveis circuncidar-vos e guardar a lei, não lhes tendo nós dado mandamento,


Será que não está óbvio?



Vc pessoalmente pode até ACHAR que não haverá punição no final de todas as coisas, contudo a Torah aponta que podemos decidir pela BENÇÃO ou pela MALDIÇÃO, e diga-se de passagem somente os justos herdarão a Terra como possessão eterna (Sl 37:29,38 Pv 10:30 etc..).

Bem, isso já não é mais questão de hermenêutica, é questão de fé.


Como eu disse, não acredito.


Isso ocorre porque o homem escolhe andar distante da Torah, que gera a fé que condiz com a expectativa divina (Tg 2:24).
Portanto, há lei para o goy.

Releia o que eu disse no texto anterior e veja se eu disse que não há lei para o goy.


Sim, há lei para os gentios e sabe qual é ela ?? A profecia aponta:

31 Eis que dias vêm, diz o SENHOR, em que farei um concerto novo com a casa de Israel e com a casa de Judá. 32 Não conforme o concerto que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito, porquanto eles invalidaram o meu concerto, apesar de eu os haver desposado, diz o SENHOR. 33 Mas este é o concerto que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o SENHOR: porei a minha lei no seu interior e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.


Amigo, só para vc ver. Judeus não entendem esse texto como vc está entendendo.

Esses dias ainda não chegaram, pois, se tratam dos dias o messias.

O pacto que diz aí, não é com goy, mas, com Israel e Judá.


Vc não colocou o verso 34, que diz:

(Jeremias 31:34) - E não ensinará mais cada um a seu próximo, nem cada um a seu irmão, dizendo: Conhecei ao SENHOR; porque todos me conhecerão, desde o menor até ao maior deles, diz o SENHOR; porque lhes perdoarei a sua maldade, e nunca mais me lembrarei dos seus pecados.


Por acaso ninguém mais ensina ao outro? Todos já conhecem a H’ ? E por acaso não há mais maldade no goy ou no judeu?

Hehehe.



[quote]Essa é a nova aliança, feita no sangue do Messias. Aqueles que buscam fazerem parte do verdadeiro Ysrael, a nação Santa e Sacerdotal devem se tornar ger e viver sobre os preceitos da Torah, dada no Sinai na presença de Judeus e gentios.

Amigo, Yeshu não é messias.

E outra coisa, a nova aliança que fala em Hebreus não tem nada a ver com guarda de shabatot, chagim, moedim, etc...

O único propósito do livro de Hebreus é falar de leis sacerdotais (Leis de Kehunah), e não fala nada das demais leis da Torah.



Na revelação divina insta que os novos convertidos proveniente das nações, são enxertados em Ysrael (Rm 11: 17 e Jr 11:16), portanto herdeiros da promessa e da Torah, pois todas as alianças se cumprem em Ysrael e não em nações.

Amigo, Rm11 não diz nada de que gentios herdariam leis judaicas.

Torah, o gentio deve cumprir sim, mas, somente os mandamentos que cabem a eles.

E as alianças só se cumprem em Israel? Era Abraão israelita?


Não existe leis para um e outros, não se tem exclusão nesse e em nenhum sentido, D'us derrubou o muro do pátio e agora TODOS tem livre acesso aos lugares celestiais e por isso são UM (Echad) mesmo povo.

Certo, então, se não há leis para uns e outros, talvez o Cohen fique de Nidah, ou o Levita seja apedrejado por escornear alguém.



Interessante essa teoria, mas o que tenho por concreto é que no reino Messiânico, gentios e Judeus se unem para celebrarem festas e a Torah (Zc 14;16-18, Is 66:2-23 etc..) E como queremos o Reino na Terra a busca começa hoje.

Amigo, está cometendo erros primários de Hermenêutica.

Está pondo o carro na frente dos bois.

Zachariah fala do Reinado Messiânico.

Segundo o Tanach, no Reino Messiânico, os gentios guardarão as leis judaicas, inclusive as festas. E outra coisa, os sacrifícios também voltarão.


Agora, vc quer se basear em Zacarias que fala do Reino Messiânico, para dizer que os gentios são obrigados a guardar às leis do Sinai?


E sua única justificativo é esta? - “E como queremos o Reino na Terra a busca começa hoje.”


Amigo, desculpe-me, mas, vc está transgredindo todas as regras de hermenêutica.

E só gostaria que vc me mostrasse um versículo se quer que ORDENE a guarda de sábado aos gentios.


Então releia os textos. Paulo jamais iria contra uma coisa que ele mesmo praticava.


Reler o texto!? Praticava!? Rs.

Amigo, está se referindo ao judeu por nome Timóteo? O judeu que era filho de mãe judia o qual Paulo circuncidou?

Quer dizer que Paulo circuncidava aos goym ? Sério? Mostre então o capítulo e versículo, por favor.


Paulo combateu toda e qualquer forma de legalismo, ou seja, observância da lei meramente por constrangimento. Paulo e eu defendemos que o gentio não deve se circuncidar se isso for uma obrigação, um peso, mas caso seja motivado por fé é algo louvável e previsto na Torah (Ex 12:48).

Amigo, por favor, mostre um versículo se quer que diga que o goy se circuncida.



Perceba irmão a diferença de se pregar contra o legalismo e se ensinar anomia.


Amigo, desculpe-me, mas, vc não conhece Torah. Pois, a Torah está lotada de legalismo.

Será que nunca viu uma lei se quer que não tenha nada a ver com religião mas com a organização da sociedade judaica?


Irmão não se agarre a qualquer coisa para se justificar, pois vc em outro momento disse:

"Não acredito que ser judeu é ser filho de mãe judia, pois se fosse assim nem Avraham, Yitzchak e Yaakov seriam judeus."

Amigo, não distorça minhas palavras.

Quando eu falei isso, eu me referia à Halachah, que diz que judeu é somente aquele que nasce de mãe judia.

E não concordo que judeu é somente o que é de mãe.

Está sendo sofístico, e tirando de contexto o que eu disse.

Peço, por favor, para não tirar de contexto o que eu disse.

Não tente argumentar algo usando sofismas.

Pode discordar o quanto quiser, só não faça injustiça, amigo.



Pois é irmão, vc resumiu tudo o que eu disse. Para ser um Judeu genuíno, herdeiro das promessas, enxertado na Oliveira, é necessário cumprir a Lei DIVINA, pois não existe Lei de Judeu, quem legislou a Torah não foram judeus e sim o próprio Criador.

Amigo, novamente eu tenho que dizer que vc não conhece Torah.

Bem, sou obrigado a te mostrar as diferenças então.

Se a lei é a mesma para o goy, então, a Torah diria que o goy não poderia ser escravo, porém, o que diz é o contrário.

(Levítico 25:44) - E quanto a teu escravo ou a tua escrava que tiveres, serão das nações que estão ao redor de vós; deles comprareis escravos e escravas.


E judeu, poderia ser escravo?

(Levítico 25:39) - Quando também teu irmão (judeu) empobrecer, estando ele contigo, e vender-se a ti, não o farás servir como escravo.
(Levítico 25:40) - Como diarista, como cidadão estará contigo; até ao ano do jubileu te servirá;
(Levítico 25:41) - Então sairá do teu serviço, ele e seus filhos com ele, e tornará à sua família e à possessão de seus pais.

Bem, um judeu nem escravo poderia ser, e acaso um judeu poderia ser espancado como um goy ?

(Êxodo 21:20) - Se alguém ferir a seu servo, ou a sua serva, com pau, e morrer debaixo da sua mão, certamente será castigado;
(Êxodo 21:21) - Porém se sobreviver por um ou dois dias, não será castigado, porque é dinheiro seu.


Amigo, vc acha que NÃO MATARÁS se refere a não matar a um goy?

Sabe o que é Re’a? Re’a é o termo que traduziram como PRÓXIMO.

Re’a não é o goy , Re’a é outro judeu.


Era proibido matar a outro judeu, e não outro goy.


Há muito mais diferenças entre os judeus e gentios do que vc imagina.

A Torah deve ser vista como a vontade de Deus para sua criação e não vontade de Judeus, e muito menos vontade de um deus que faz diferenciação entre suas criaturas.

Pois é, concordo plenamente que um deus o qual é de um povo exclusivo e que diferencia “suas criaturas”, não poderia ser realmente Deus.


Entendendo o enxerto na Oliveira clique aqui.

Li ao texto do link.

Quem disse para vc que judeus dão dízimo?

Amigo, judeus não dão dízimo.


Vc acha que judeus levariam dízimos aos rabinos no lugar dos sacerdotes?

Amigo, judeus não são cristãos que trocaram sacerdotes por pastores/padres e Casa do Tesouro por Prédios da Igreja.

Para eles isso é averah.


Para finalizar, gostaria de dizer umas coisas.

Amigo, parece que vc já está convicto, pelo menos é o que se percebe em suas afirmações.

Não sei se vc está aqui para apregoar suas certezas ou por querer disputar conhecimentos.


E talvez tudo isso sobre "judaismo" seja algo novo a vc, porém, quero deixar claro que para mim são coisas antigas.

Seja lá qual for sua intenção, eu preferiria conversar com vc em um chat de voz, e claro, aproveitar para convidar a todos os que participam aqui neste fórum.

Gosto de desafios e debates, porém, aqui no fórum eu teria que ficar dedicando um bom tempo para escrever, quando em um chat de voz seria muito mais dinâmico e rápido.

Vc se interessa em abrirmos uma sala para comentarmos desses assuntos?

Se se interessar, baixe o programa Paltalk em qualquer site de download.

Marcaremos um dia e horário, abrirei à sala e conversaremos sobre isso.

Por favor, não só o Deigo, convido a todos.

Avisem-me aqui mesmo se estiverem interessantos.

Obrigado!


Mashmid

Mensagens : 241
Data de inscrição : 11/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Diego em Qua Mar 23, 2011 8:05 am

Shalom, Alex ..

Responderei por apenas responder, pois certamente me sinto desmotivado a dialogar com alguém que fala do que não crê. Não estou recriminando, pois como eu disse, de acordo com a Torah, a benção está ai logo a frente, mas a escolhe quem quiser. O fato de não se crê no que se prega desqualifica qualquer debatedor.

Serei sucinto e provavelmente não mais comentarei.

Qual sua religião/crença/fé ?

Religião: Tg 1:26,27
Crença e fé: Ap 14;12.

Freqüenta alguma comunidade? Qual?

Frequento diariamente várias, algumas delas: Comunidade dos Efésios, Comunidade dos Tessalonicenses etc..

Depois tentei voltar a crer

Isso não depende de vc, peça a Deus.

Se vc quisesse morar na casa de alguém, todavia nessa casa há normas do tipo:

Sim amigo, mas tem de querer e por isso não é obrigação, mas desejo próprio.


Amigo, veja bem, livre-se desse chavão cristão, a Torah é extremamente legalista.

Me livrar ?? Chavão cristão ?? Passaremos agora a acusações??

Amigo nem uso chavões e não sou evangélico no sentido religioso da palavra.

Como é que vc diz que Torah não é legalista?

Pelo simples fato que venho explanando, ou seja, nem é por força e nem por violência. A fé é que fará o homem natural ser espiritual, e ser espiritual segundo Sha'ul é ter uma lei que exprime tal espiritualidade (Rm 7:14).

A Tanakh diz: "A Lei é para vida" (Ne 9:29)

Esqueceu-se que por diversas vezes eu disse que os goym são obrigados a guarda à TORAH = LEIS DE NOACH ?

Acontece amado que eu disse: TUDO que sai da boca do Eterno é INSTRUÇÃO (Torah) e deve ser respeitada. Sendo assim o que vc apelidou de leis de noé (embasado em judaizantes) não é a plena Torah, mas apenas resquícios do que foi outorgado no Monte fumegante. A Torah não é apenas Bereshit, mas toda Escritura Divinamente inspirada.

Está entendendo o que estou querendo dizer?

Sim, entendo e confirmo. Vc está absolutamente certo em dizer que a Torah distribui suas mitsvot a diferente classes de pessoas, contudo estais completamente errado em dizer que essa mesma divisão se relaciona a nacionalidade. Vc mesmo concorda que para estar dentro da casa e permanecer nela, se faz necessário acatar as regras, sendo assim uma vez que a parede da separação foi derrubada, e de ambos se fez um só povo, e se esses estão sob o aio da Torah, só resta entender que a legislação da casa é a Torah, para um e para outro, até porque nem existe mais o um e o outro, mas sim o mesmo.


Também diz o NT que o corpo de cada cristão é o mishkan, onde habita a shechinah.

Correto!!! E o que diz então a profecia:

33 Mas este é o concerto que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz Adonay: porei a MINHA TORAH no seu interior e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.

Essa é a nova aliança, feita no sangue do Messias. Aqueles que buscam fazerem parte do verdadeiro Ysrael, a nação Santa e Sacerdotal devem se tornar ger e viver sobre os preceitos da Torah COMPLETA, dada no Sinai na presença de Judeus e gentios.

Vale ressaltar que Sha'ul diz que dantes a lei era em tábuas de pedra e agora é escrita na coração, saberia me dizer se a apelidada lei de noé foi escrita em tábuas ?? Bem, acho que não, portanto a lei que o gentio deve observar é a do Sinai, pois será ela que será escrita no coração dos escolhidos, pois é ela que é era nas tábuas (Assêret haDibrôt)

Está pondo o carro na frente dos bois.

Zachariah fala do Reinado Messiânico.

Segundo o Tanach, no Reino Messiânico, os gentios guardarão as leis judaicas, inclusive as festas. E outra coisa, os sacrifícios também voltarão.

Amigo, é vc quem poem os bois atrás do carro. O Reinado do Messias é ou não a plena vontade do Eterno, para o Olam Rabá ? Se sim, nada mais nobre que aceitar que os ex-gentios agora enxertados em Ysrael devem observar as festas, pois de fato as leis que garante perpetuidade da festas estão escritas no coração do convertido.


Amigo, está se referindo ao judeu por nome Timóteo? O judeu que era filho de mãe judia o qual Paulo circuncidou?

Alex... vc colocou no seu manifesto de fé o seguinte: "Não acredito que ser judeu é ser filho de mãe judia, pois se fosse assim nem Avraham, Yitzchak e Yaakov seriam judeus."

E agora vem dizer que Timoteo é judeu por parte de mãe ?? vc não se entende e auto se refuta?

Amigo, Yeshu não é messias.

Não é mesmo, o Mashiach é Yeshua ben Yossef.

Amigo, Rm11 não diz nada de que gentios herdariam leis judaicas.

Não diz?? E qual a raiz da Oliveira ?? A Torah!!! Se os ex-gentios são enxertados na Oliveira , sua raiz agora passa a ser a Torah.

Amigo, por favor, mostre um versículo se quer que diga que o goy se circuncida.

Embora eu não siga sua linha de raciocínio, vou usar seus argumentos contra vc.
Vc pergunta, por achar que Abraham não era judeu: " as alianças só se cumprem em Israel? Era Abraão israelita?"
Sendo assim, se segundo vc Abraham não é Judeu, a prova cabal que gentio se circuncida está na própria Torah, onde um não gentio (Abrãao) é chamado para tal aliança, e o verso que posso te apresentar está em Genesis.

Bem.. meu tempo se esvaiu..

Shalom e boa peregrinação.

Diego

Mensagens : 10
Data de inscrição : 19/03/2011
Localização : Fortaleza-Ce

Ver perfil do usuário http://img137.imageshack.us/img137/7195/jesus2000x0dc.jpg

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Mashmid em Qua Mar 23, 2011 10:37 pm

Responderei por apenas responder, pois certamente me sinto desmotivado a dialogar com alguém que fala do que não crê. Não estou recriminando, pois como eu disse, de acordo com a Torah, a benção está ai logo a frente, mas a escolhe quem quiser. O fato de não se crê no que se prega desqualifica qualquer debatedor.

Responderá por responder!? Ok amigo, obrigado pela consideração.


Quer dizer que a pessoa não pode comentar sobre o que não crê? Quer dizer que se vc conhecer extremamente o Islam e Alcorão, não poderá comentar sobre Islam e Alcorão?

E ainda por cima estou desqualificado a falar sobre Tanach? E vc , está qualificado só porque crê?


Pregar algo!? Onde amigo!? A única coisa que eu prego é prego.


Serei sucinto e provavelmente não mais comentarei.

Ok amigo, afinal de contas, seria bobagem ficarmos falando sobre um assunto no qual vc não tirará nenhum proveito.

Já que tudo o que eu disse não vale nada. Parece que eu também perdi meu precioso tempo.


Qual sua religião/crença/fé ?

Religião: Tg 1:26,27
Crença e fé: Ap 14;12.

Pois é amigo, por sua resposta, vejo que já está acostumado a esquivar-se de perguntas.

Não sei qual é o medo que o pessoal tem hoje de dizer o que é.

Se eu perguntar a um muçulmano, ele dirá : SOU MUÇULMANO HAMDULILLAH !

Engraçado, parece que o povo tem vergonha de sua fé.


Freqüenta alguma comunidade? Qual?


Frequento diariamente várias, algumas delas: Comunidade dos Efésios, Comunidade dos Tessalonicenses etc..


Kkkk... ok.. vc nunca entrou em uma sinagoga na vida , né?
WALLAH CHARAH !!!

Mas, o mais interessante foi vc ainda não ter respondido. Obrigado por não responder.


Isso não depende de vc, peça a Deus.

Pois é amigo, não depende de mim, ou seja, a incompetência de perder uma alma é apenas de deus. E olha que já pedi muito, mas, parece que ele é muito tímido, nunca dá às caras.


Sim amigo, mas tem de querer e por isso não é obrigação, mas desejo próprio.

Pois é amigo, não é obrigado. O goy nunca foi obrigado a guardar leis do Sinai, agora, se ele quiser se converter, pode se converter.



Me livrar ?? Chavão cristão ?? Passaremos agora a acusações??

Acusações!?? Onde?

Amigo, vc não sabe o que é chavão!?

Chavões são frases populares, repetidas por várias vezes e conhecidas por muitos.


Hehehe.. acusação foi boa.

Eu disse isso, porque TODO CRISTÃO diz que a TORAH é legalista.


E eu apenas te orientei para não ser papagaio que imita o que os outros dizem sem ter opinião própria.

Pois é fato que a Torah é legalista.



Amigo nem uso chavões e não sou evangélico no sentido religioso da palavra.

"Como é que vc diz que Torah não é legalista?"

Pelo simples fato que venho explanando, ou seja, nem é por força e nem por violência.

Amigo, outra transgressão das regras de hermenêutica.


Vc não pode simplesmente pegar esse texto se Zachariah e usá-lo para qualquer assunto.

Essa frase foi dita exclusivamente à Zorobabel, no tempo em que estavam reedificando à Jerusalém, e havia alguns inimigos que estavam planejando contra os judeus, e por isso H’ enviou essa palavra para orientá-lo de que não seria por força e nem por violência que Jerusalém seria reedificada.


Agora vc usa esse texto indiscriminadamente, como se tudo não fosse por força e violência.

Ué, se é assim, então, por que os israelitas tomaram Kenaan à força , não deveriam esperar o espírito agir?

Amigo, precisa urgentemente de conhecer regras de hermenêutica.



Acontece amado que eu disse: TUDO que sai da boca do Eterno é INSTRUÇÃO (Torah) e deve ser respeitada. Sendo assim o que vc apelidou de leis de noé (embasado em judaizantes) não é a plena Torah, mas apenas resquícios do que foi outorgado no Monte fumegante. A Torah não é apenas Bereshit, mas toda Escritura Divinamente inspirada.

Torah plena!?

Amigo, lembra-se quando vc utilizou Sodoma e Gomorra para tentar (sem conseguir) justificar que os goym são julgados pela Torah (no sentido de Leis do Sinai) ?

Foram julgados por uma Torah “plena” ?

E vc, segue plenamente à Torah ?




Sim, entendo e confirmo. Vc está absolutamente certo em dizer que a Torah distribui suas mitsvot a diferente classes de pessoas, contudo estais completamente errado em dizer que essa mesma divisão se relaciona a nacionalidade.

Hehehe... amigo, está confundindo NACIONALIDADE com ETNIA?

Nacionalidade refere-se ao país de nascimento.

Há judeus brasileiros e árabes israelenses, acaso há diferença se um judeu ter nacionalidade brasileira?
NACIONALIDADE não tem absolutamente nada a ver com o assunto.


Vc mesmo concorda que para estar dentro da casa e permanecer nela, se faz necessário acatar as regras, sendo assim uma vez que a parede da separação foi derrubada, e de ambos se fez um só povo, e se esses estão sob o aio da Torah, só resta entender que a legislação da casa é a Torah, para um e para outro, até porque nem existe mais o um e o outro, mas sim o mesmo.

Certo.

Quer dizer então que seu deus ficou todos estes séculos sem tomar uma atitude?

Ou por acaso os gentios estavam durante todos estes séculos cumprindo à Torah?


Correto!!! E o que diz então a profecia:

33 Mas este é o concerto que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz Adonay: porei a MINHA TORAH no seu interior e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.

Ué, e durante séculos a tal profecia de que os goym guardariam à Torah não se cumpriu, mas só agora no século XXI se cumpre?

Quer dizer que só agora apareceram gentios guardadores da Torah, porém, durante séculos seu deus ficou dormindo e não cumpriu à profecia que já deveria ter cumprido?


Pelo jeito vc não sabe o que significa Casa de Israel e Casa de Judá.

Bem, é claro que não, vc não teve um ensinamento judaico, mas, cristão.


E mesmo assim, há um erro grotesco de interpretação.


Primeiro que essa profecia não se cumpriu, já que se trata do período do reino messiânico.

Ou por acaso vc está vendo todos os judeus cumprindo a Torah?

Quer dizer... no seu caso vc acredita que esse texto se trata dos gentios (o Israel enxertado), então...

Vc está vendo os gentios cumprindo à Torah?

Amigo, vc precisa de hermenêutica, está atropelando os textos como uma carreta atropela a um cão.


Essa é a nova aliança, feita no sangue do Messias. Aqueles que buscam fazerem parte do verdadeiro Ysrael, a nação Santa e Sacerdotal devem se tornar ger e viver sobre os preceitos da Torah COMPLETA, dada no Sinai na presença de Judeus e gentios.


Ah sim, estou vendo muito bem tal aliança cumprida... cristãos crendo em trindade e comendo carne de porco, judeus ateus, judeus da fé baha’i , judeus muçulmanos, judeus maçons, judeus espíritas e etc...

Pois é amigo, para vermos como o seu deus está dormindo, pois, até agora a tal Torah no coração parece que não está funcionando.


Vale ressaltar que Sha'ul diz que dantes a lei era em tábuas de pedra e agora é escrita na coração, saberia me dizer se a apelidada lei de noé foi escrita em tábuas ?? Bem, acho que não, portanto a lei que o gentio deve observar é a do Sinai, pois será ela que será escrita no coração dos escolhidos, pois é ela que é era nas tábuas (Assêret haDibrôt)

Ah certo! No tempo de Abraão não havia lei? E acaso ele seguia alguma lei escrita em tábuas?

Coitados dos patriarcas, porque não tinham ainda as leis das tábuas que deveriam estar em seus corações.

O interessante é que no tempo de Yossef filho de Yaakov, quando a mulher de Potifar o chamou para se deitar com ela, ele disse: como pois faria eu tamanha maldade, e pecaria contra Deus? (Gn 39:9)


Ué, como Yossef sabia que adultério seria PECADO contra deus?

Ele ainda não tinha recebido nenhuma tábua dizendo: NÃO ADULTERARÁS.


Ué, e as Asseret hadvarim? Não são apenas do SINAI?


Amigo, é vc quem poem os bois atrás do carro. O Reinado do Messias é ou não a plena vontade do Eterno, para o Olam Rabá ? Se sim, nada mais nobre que aceitar que os ex-gentios agora enxertados em Ysrael devem observar as festas, pois de fato as leis que garante perpetuidade da festas estão escritas no coração do convertido.

Vc quis dizer, Olam habah,correto? Pois, olam rabah = grande mundo.

Não amigo, está errado, pois segundo a bíblia, não será a vontade de H’ a continuação das leis da Torah.

E vc está confundindo Olam Habah com reino messiânico.


Amigo, pelo menos como conhecedor do NT, vc não deveria confundir Olam Haba com reino messiânico.

Dizer que a Torah será necessária no Olam Habah, é o mesmo que dizer que ainda haverá averah (transgressão).


Meu filho, não terás outros deuses, não matarás, não adulterarás, não dirás falso testemunho , etc... segundo o judaísmo e até segundo o NT, não serão necessárias tais leis.


Só para vc ver como está sem hermenêutica, amigo.


No Olam habah, a Torah não será mais necessária porque:

- não terá outros deuses, porque não haverá outro senão H’.
- não matarás, porque não haverá morte e nem assassino, por isso, o "não matarás" não será necessário.
- não furtarás, porque não haverá ladrões
- não dirás falso testemunho, porque não haverá mentirosos, mas apenas justos
- etc...


Está vendo como vc está equivocado em dizer que a Torah continuará no Olam Habah?

Até yeshu disse que a Torah só seria necessária enquanto ainda houvesse estes céus e terra existentes, depois, não seria mais necessária.

Em outras palavras, o novo mundo/mundo vindouro ela não seria mais necessária.


Alex... vc colocou no seu manifesto de fé o seguinte: "Não acredito que ser judeu é ser filho de mãe judia, pois se fosse assim nem Avraham, Yitzchak e Yaakov seriam judeus."
E agora vem dizer que Timoteo é judeu por parte de mãe ?? vc não se entende e auto se refuta?

Amigo, eu já te expliquei que escrevi isso pelo fato da halachah dizer que judeu é somente o que é filho de mãe judia, porém, vc ainda continua querendo usar isso.

Vc não leu o que escrevi ou está propositalmente querendo me desmerecer?

Bem, quando escrevi isso, eu não imaginava que um dia alguém viria jogar na minha cara que eu disse que judeu nascido de mãe judia não é judeu.

Amigo, eu não preciso utilizar de subterfúgios e ser injusto com alguém para o desmerecer.

E outra coisa... quer dizer que se eu disser que filho de gambá é judeu vc acreditaria?

Quer dizer então que vc acredita que judeu nascido de mãe judia não é judeu só porque eu escrevi no manifesto ?

Ué, vc está me seguindo agora?

E baseado no meu manifesto vc está afirmando que Timóteo não era judeu?

Pois é amigo, vc fez com minhas palavras o que está fazendo com as palavras de Paulo, ou seja, distorcendo.



Não é mesmo, o Mashiach é Yeshua ben Yossef.


Yeshu Ben Yossef? Nem filho de Yossef era.

E também não é o Ben Yossef do Talmud. É até engraçado, pois o MESSIAS deverá ser Mashiach ben David e Yeshu nem descendente de David é.

Será que vc nunca leu que o Yeshu é filho do espírito santo? Hehehe.


Segundo a Brit Chalashah (propositalmente "chalashah") , Yossef não é progenitor de Yeshu, é sim o padrasto de Yeshu.



Não diz?? E qual a raiz da Oliveira ?? A Torah!!! Se os ex-gentios são enxertados na Oliveira , sua raiz agora passa a ser a Torah.

Amigo, Torah os gentios devem guardar, eu já disse isso.

Vc está interpretando (sem evidências) que nesse texto (Rm11) diz que gentios devem guardar as Leis do Sinai?

E quer dizer que não é mais H’ quem sustenta à Oliveira = povo de Israel?


Embora eu não siga sua linha de raciocínio, vou usar seus argumentos contra vc.
Vc pergunta, por achar que Abraham não era judeu: " as alianças só se cumprem em Israel? Era Abraão israelita?"
Sendo assim, se segundo vc Abraham não é Judeu, a prova cabal que gentio se circuncida está na própria Torah, onde um não gentio (Abrãao) é chamado para tal aliança, e o verso que posso te apresentar está em Genesis.

Bem, há vários erros nessa sua afirmação.

O primeiro erro ---> vc não seguiu meu raciocínio.

Agora, vamos aos demais erros.

Amigo, o termo judeu não tem apenas um significado, e parece que não sabe disso.

No judaísmo, judeu é:

1- todo descendente de Israel
2- aquele que se converteu ao judaísmo
3- habitante do reino do sul, cuja capital era Judá.

Amigo, percebeu como vc utiliza de subterfúgios? Sua fé é firmada em subterfúgios, em escapes, não tem embasamento sólido.

Quando foi que eu disse que goy não se circuncida!? Não fui eu mesmo quem disse que GER teria que cumprir às Leis do Sinai e se converter?

Se ainda não aprendeu, GER é um GOY que se converteu ao judaísmo, então, se circuncida.


Na verdade, o que eu disse foi que o NT diz para os gentios não se circuncidarem. Correto? Ou estou mentindo?


Vc tentou usar o que eu disse sobre Abraão ser goy, para tentar evidenciar que eu mesmo disse que goy deve se circuncidar.

Porém, vc está querendo enxergar erro onde não tem, e vou explicar o porquê.


Primeiro que Avraham é o patriarca do povo judeu, e a Torah diz : TODO HOMEM ENTRE VÓS SERÁ CIRCUNCIDADO.

E a Torah continua dizendo: Tu, porém, guardarás a minha aliança, tu, e a tua descendência depois de ti, nas suas gerações.

Tu e tua descendência, e os descendentes de Abraão são : judeus.


Qualquer um que habitasse com Avraham seria circuncidado, inclusive o escravo de sua casa.


Porém, agora eu pergunto: Vc é descendente de Avraham ou mora na casa de judeus?

Como diz: todo o homem nas vossas gerações; o nascido na casa, e o comprado por dinheiro a qualquer estrangeiro, que não for da tua descendência.

Lembra-se do comentário da CASA?

Acaso vc teve algum patriarca que recebeu essa ordenança? Acaso a aliança é para não descendentes de Abraão?

Nesse texto a circuncisão só era para o goy quando fosse escravo de judeu, todavia, a ALIANÇA é apenas com os DESCENDENTES DE ABRAÃO.


Agora, vou aos meus comentários pessoais sobre esta discussão.

Amigo, pelo que vejo, vc é ex evangélico, e como agora é moda essa coisa de “judaísmo” messiânico e nazareno, acabou se deparando com alguma dessas crenças e agora quer ser judeu.

Vc não é o primeiro e nem será o último que aparecerá com essas afirmações.


Mas, o que eu pude ver foi o seguinte.


Vc está com uma dificuldade enorme para entender o ponto de vista judaico.

Está cometendo vários erros de hermenêutica, e pelos erros de hebraico, certamente não conhece o idioma.


E está muito convicto, e convicção é tolice.

Outra coisa, vc não está medindo esforços para afirmar suas convicções, mesmo que tenha que adulterar algumas coisas, por exemplo, chegou a adulterar minhas falas aqui neste fórum, somente para apoiar suas certezas.


Amigo, quando isso acontece, significa que vc já não está mais importando se está certo ou errado, o que importa é que suas palavras sejam confirmadas.


Pelo que vi, vc está na fase de : os fins justificam os meios.


Isso eu pude ver quando vc distorceu minhas palavras, ou seja, vc está tentando achar falhas onde não existe, e isso é sinal de desonestidade.


Outra coisa que percebi foi a seguinte, eu fiz várias perguntas as quais vc não respondeu, por exemplo...

Eu citei alguns textos que dizem claramente que gentios não são obrigados da lei do Sinai, vc apenas os ignorou e não tentou refutar nada.


Ou seja, isso porque vc percebeu que são textos que confrontam suas afirmações, então ,utilizou de subterfúgio, fingiu que não os viu e por isso não os comentou.

Amigo, fingir que não vê alguma pergunta também é desonestidade.

Só foge de perguntas quem as teme, ou seja, quem deve.

Quando vc omitiu sua fé e comunidade, também desviou-se de uma questão, não digo que foi desonesto, pois, vc não é obrigado a dizer sobre sua vida particular, porém, posso dizer que desviou-se novamente de outra questão.

E só se desvia de uma questão quem deve.


A partir do momento em que minha “verdade” precisa se desviar de uma questão, isso significa que essa “verdade” tem falhas e pode ser desmentida.

E pelo visto vc negou meu convite sobre a sala de chat de voz.

Mas, ok, estou vendo que não gosta de TROCA DE IDÉIAS , na verdade vc só quer IMPLANTAR SUAS IDÉIAS.


Parece que vc não tem nada a aprender conosco, já está sabendo de tudo e apenas veio para "ensinar".

Todah !

WALLAH !!!! AZ LO OLECH LEHACHRIACH !!!!

Mashmid

Mensagens : 241
Data de inscrição : 11/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Diego em Qui Mar 24, 2011 6:52 am

Não responderei pelo motiva já explicado, entenda quem quiser e como quiser..

Só reforço o que eu disse, alegando que já dei provas suficientes que a Torah é a plena vontade Divina para a HUMANIDADE.

No mais..

Desejo Shalom a TODOS...

שלום לכל

Diego

Mensagens : 10
Data de inscrição : 19/03/2011
Localização : Fortaleza-Ce

Ver perfil do usuário http://img137.imageshack.us/img137/7195/jesus2000x0dc.jpg

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Mashmid em Qui Mar 24, 2011 10:05 am

Amigo, o motivo é simples... vc não consegue embasar-se que goy tem que ser judeu.


E suas "provas" são má interpretações e transgressões de hermenêutica.


Quanta pretensão em dizer que tem "provas" , pois, nem evidências vc mostrou.

Se a Torah é a plena vontade do seu deus, então, escravizar pessoas, decepar membros, apedrejar a incrédulos, também é a vontade do seu deus.


Mashmid

Mensagens : 241
Data de inscrição : 11/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Diego em Sex Mar 25, 2011 6:36 am

Shalom...

Até vc demonstrou evidências querido !!! Lembra que vc nos disse que a Torah ensina que o peregrino que almeja as benção da casa deve cumprir as regras ?? Pois é, o crente enxertado na Oliveira (Rm 11:16-17) faz parte da seiva (Profecias) e da raiz (Torah) que sustenta o verdadeiro judeu, que diga-se de passagem não é e nunca foi o herdeiro carnal, mas sim os circuncisos de coração.(Rm 2:28-29, Gl 3:28).

Errastes em duas coisas, uma é: não é deus, mas D'US. E a outra é: O meu Deus solicita sim tais coisas, contudo a exigência deve ser cumprida como descrito em Lv 19:35.


"Não cometam injustiças no julgamento, nem cometam injustiças no peso e nas medidas."

O ímpio é responsável por sua maldade e não o Eterno. Mais ou menos horas toda a raça incrédula dará conta de si ao poderoso juiz.



(DESCULPE-ME, MAS, SEM QUERER DEVO TER CLICADO EM EDITAR AQUI EM SUA MENSAGEM. TALVEZ TENHA PERDIDO ALGUMAS PARTES)

Diego

Mensagens : 10
Data de inscrição : 19/03/2011
Localização : Fortaleza-Ce

Ver perfil do usuário http://img137.imageshack.us/img137/7195/jesus2000x0dc.jpg

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Mashmid em Sex Mar 25, 2011 9:53 pm

Ué, pensei que não iria perder mais tempo.


Até vc demonstrou evidências querido !!! Lembra que vc nos disse que a Torah ensina que o peregrino que almeja as benção da casa deve cumprir as regras ?? Pois é, o crente enxertado na Oliveira (Rm 11:16-17) faz parte da seiva (Profecias) e da raiz (Torah) que sustenta o verdadeiro judeu, que diga-se de passagem não é e nunca foi o herdeiro carnal, mas sim os circuncisos de coração.(Rm 2:28-29, Gl 3:28).


Só repeteco! Apenas está repetindo o que já falou.

Cara, vc não é GER, tem que viver na comunidade, vc entende isso?

Porque GER vem de LAGUR = MORAR, e vc não mora com judeus.


O judeu não pode ser escravo...mas, vc pode porque é goy.

(Levítico 25:39) - Quando também teu irmão (JUDEU) empobrecer, estando ele contigo, e vender-se a ti, não o farás servir como escravo.

(Levítico 25:44) - E quanto a teu escravo ou a tua escrava que tiveres, serão das nações (GOYM) que estão ao redor de vós; deles comprareis escravos e escravas.


Judeu não pode comer TREIF, ao invés disso, a comida TREIF o judeu tem que dar para vc GOY .


(Deuteronômio 14:21) - Não comereis nenhum animal morto; ao estrangeiro (GER), que está dentro das tuas portas, o darás a comer, ou o venderás ao estranho, porquanto és povo santo ao SENHOR teu Deus. Não cozerás o cabrito com leite da sua mãe.


Pois é filho, como vc não é judeu, não dá para cumprir esse mandamento.

Quero ver vc cumprir a TORAH "PLENA"...HEHEHEHE



Meu filho, será que vc não pensa!? Se existem mandamentos aos judeus com respeito aos GERIM, como é que vc vai cumprir esses mandamentos?

(Deuteronômio 24:20) - Quando sacudires a tua oliveira, não voltarás para colher o fruto dos ramos; para o estrangeiro (GER), para o órfão, e para a viúva será.


Ué, vc não quer ser GER?? Como é que vc vai cumprir o mandamente do deixar azeitonas ao GER se o GER É VC?

Essa Mitzvah só judeu pode cumprir.


Se Israel pecasse contra H', uma das maldições que eles receberiam seria esta abaixo:

(Deuteronômio 28:15) - Será, porém, que, se não deres ouvidos à voz do SENHOR teu Deus, para não cuidares em cumprir todos os seus mandamentos e os seus estatutos, que hoje te ordeno, então virão sobre ti todas estas maldições, e te alcançarão:
(Deuteronômio 28:43) - O estrangeiro (GER) , que está no meio de ti, se elevará muito sobre ti, e tu mais baixo descerás;
(Deuteronômio 28:44) - Ele te emprestará a ti, porém tu não emprestarás a ele; ele será por cabeça, e tu serás por cauda.


Bem, pelo menos vc está livre dessa maldição né, já que não é judeu. Essa maldição só pega em judeu. Kkkk

Já que vc quer ser GER,então, essa maldição não valerá para vc, porque só vale para judeu e vc não é judeu

Aí ferrou, porque vc quer seguir MITZVAH de judeu mas não pode porque não é judeu.


Como é que vc vai seguir mandamente de judeu se vc não é judeu?



E outra coisa, o texto diz: AO GER QUE ESTÁ NO MEIO DE TI.

Ferrou também, porque vc NÃO ESTÁ NO MEIO DOS JUDEUS.


Então, vc não é GER é apenas um GOY que morre de vontade de ser judeu.


Quer celebrar pessach? Então, torne-se escravo de judeus que vc poderá celebrar.



Errastes em duas coisas, uma é: não é deus, mas D'US. E a outra é: O meu Deus solicita sim tais coisas, contudo a exigência deve ser cumprida como descrito em Lv 19:35.


Kkkkkk... errei porque não escrevi D'US ? Kkkkk....

Não tem nada melhor do que isso para dizer que errei?


Ah tá, seu deus "solicita" que judeus façam ESCRAVOS de pessoas como vc (GOY)!


"Não cometam injustiças no julgamento, nem cometam injustiças no peso e nas medidas."

O ímpio é responsável por sua maldade e não o Eterno. Mais ou menos horas toda a raça incrédula dará conta de si ao poderoso juiz.


Kkkkk... meu filho, yeshu hamesit não te fez enxerto de Israel, primeiro porque ele é apenas um MESIT .

Vc que acredita no OTO HAISH e reza a um morto, nunca será aceito como judeu se continuar a crer no OTO HAISH.

Judeu não crê no oto haish.

Yeshu hamesit, nunca cumpriu profecia alguma da Torah.

As supostas profecias cumpridas, são todas textos fora de contexto.


Exemplos:

(Mateus 2:15) - E esteve lá, até à morte de Herodes, para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor pelo profeta, que diz: Do Egito chamei o meu Filho.


Essa mentira deslavada, diz que para se cumprir a profecia, o OTO HAISH foi levado para o Egito, então, depois regressa à Jerusalém.

Quando o contexto da profecia não tem absolutamente nada a ver com MESSIAS , muito menos com o OTO HAISH.

(Oséias 11:1) - QUANDO Israel era menino, eu o amei; e do Egito chamei a meu filho.
(Oséias 11:2) - Mas, como os chamavam, assim se iam da sua face; sacrificavam a baalins, e queimavam incenso às imagens de escultura.

O texto fala CLARAMENTE sobre ISRAEL e não sobre o OTO HAISH.

Quando ISRAEL ERA MENINO,eu o amei. E DO EGITO CHAMEI O MEU FILHO (ISRAEL).

A não ser que o OTO HAISH tenha sacrificado aos be'alim e queimado incenso às imagens de escultura, como diz no texto.


Porém, vcs fingem que não vêem essa palhaçada.



Outra mentira aqui :

(Mateus 27:9) - Então se realizou o que vaticinara o profeta Jeremias: Tomaram as trinta moedas de prata, preço do que foi avaliado, que certos filhos de Israel avaliaram,

Eu quero que vc mostre onde foi que YIRMIAHU profetizou sobre essas TRINTA MOEDAS DE PRATA.

MOSTRA AÍ!!!

O único profeta que fala de TRINDA MOEDAS DE PRATA é o profeta ZACHARIAH , e ainda assim, o contexto não tem ABSOLUTAMENTE NADA A VER.


Outra mentira :

Mateus 1:22 Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta, que diz;
Mateus 1:23 Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco.


Isaías foi enviado a Acaz para que desse a ele um sinal de que a investita do rei de Samaria e do rei da Síria não aconteceria.

Como diz:

(Isaías 7:10) - E continuou o SENHOR a falar com Acaz, dizendo:
(Isaías 7:11) - Pede para ti ao SENHOR teu Deus um sinal; pede-o, ou em baixo nas profundezas, ou em cima nas alturas.
(Isaías 7:12) - Acaz, porém, disse: Não pedirei, nem tentarei ao SENHOR.


Se o sinal era para Acaz, como pode ser esse um sinal para o futuro?

Esse sinal só valeria enquanto Acaz estivesse vivo, já que o sinal era para ele.


Esse sinal refere-se a essa investida do rei de Samaria (reino do norte) e o rei da Síria, portanto, iria acontecer nos tempos de Acaz rei de Judá , e nos tempos de Rezim rei da Síria.


Continua:

(Isaías 8:4) - Porque antes que o menino saiba dizer meu pai, ou minha mãe, se levarão as riquezas de Damasco, e os despojos de Samaria, diante do rei da Assíria.


Vcs não percebem essas incoerências, né ?


Outra mentira:

(Mateus 2:23) - E chegou, e habitou numa cidade chamada Nazaré, para que se cumprisse o que fora dito pelos profetas: Ele será chamado Nazareno.


Kkkkkk.. ué, qual foi o profeta que profetizou isso, Balaão ou Nostradamus?


Esses caras não conheciam às escrituras. Veja:

(Marcos 1:2) - Como está escrito no profeta Isaías: Eis que eu envio o meu anjo ante a tua face, o qual preparará o teu caminho diante de ti.


Esse Marcos não sabia que esse texto está escrito em Malachiah e não em Yeshaiah ???


(Malaquias 3:1) - EIS que eu envio o meu mensageiro, que preparará o caminho diante de mim; e de repente virá ao seu templo o Senhor, a quem vós buscais; e o mensageiro da aliança, a quem vós desejais, eis que ele vem, diz o SENHOR dos Exércitos.


E o mais engraçado é o seguinte... tem safados que tiraram das bíblia digitais o nome de ISAÍAS do texto de Marcos 1:2 por causa desse erro grotesco.



Já assistiu o meu vídeo sobre o OTO HAISH?



Mashmid

Mensagens : 241
Data de inscrição : 11/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Diego em Sab Mar 26, 2011 4:41 am

heheheh...

Resposta e vídeo tosco, perdão pela sinceridade.

Amigo fica como quiser, vc pode escolher, contudo seu agnosticismo se dá por falta de entendimento por isso padeces.

Bye.. não dá para se assentar na roda dos escarnecedores e ao mesmo tempo nos lugares celestes com Yeshua HaMAshiach.

Caso mude de ideia e queira se achegar verdadeiramente na estatura de varão perfeito, podemos subir degrau a degrau.

E aqui vc me encontra:

http://adonayechad.forumeiros.com/


Diego

Mensagens : 10
Data de inscrição : 19/03/2011
Localização : Fortaleza-Ce

Ver perfil do usuário http://img137.imageshack.us/img137/7195/jesus2000x0dc.jpg

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Mashmid em Dom Mar 27, 2011 5:19 am

Resposta e vídeo tosco, perdão pela sinceridade.


Pois é filho, o engraçado é que o vídeo é tão tosco, porém, não vi contra-argumentação alguma.

Engraçado isso.

E o engraçado também é que todos os versos que citei e a argumentação que utilizei, não foram refutados.

Por que será?


Bye.. não dá para se assentar na roda dos escarnecedores e ao mesmo tempo nos lugares celestes com Yeshua HaMAshiach.

Não, não.. não é esse o motivo. O motivo não é de eu ser sarcástico.

O motivo é um só, vc não tem respostas, porque é goy e está vendo que a Torah fala CLARAMENTE que o goy não é estimado igualmente o judeu.

Além de tudo é injusto, porque ainda que se esfregue na tua cara os textos que dizem claramente que goy na Torah é lixo, vc continua querendo defender a um livro que te chama de lixo.

Caso mude de ideia e queira se achegar verdadeiramente na estatura de varão perfeito, podemos subir degrau a degrau.

Para eu mudar de idéia, só se eu me tornar retardado, pois, para crer em estorinhas tão ridículas, só um retardado.

E se a estatura do seu cristo é a suposta perfeição, mesmo com tantos erros que ele comete com respeito as escrituras, então, está explicado o motivo pelo qual vc comete tantos erros de interpretação.


E aqui vc me encontra:

http://adonayechad.forumeiros.com/


Se eu não gosto de ficar escrevendo nem aqui no meu fórum, para que eu irei no fórum de outro?

Como eu já disse, se for para perder tempo, prefiro perder menos tempo no chat de voz do PALTALK.

Mas é claro, vc não irá em chats de voz, porque lá o cara tem que saber na hora o que irá dizer, e no seu caso isso te complica, porque vc precisa pesquisar muito antes de dizer algo.

E vc é ardiloso, e não refuta a nada do que escrevo, apenas se desvia das perguntas.

P'ra que eu ficarei perguntando coisas a um cara que não responde nada?


E quanto ao meu agnosticismo...


A sua "verdade" deveria facilmente destruir a minha "mentira" agnóstica, mas, não é isso o que acontece.


Faça o seguinte, ao invés de só falar que meu vídeo é fraquinho, prove que realmente é.

Já que vc é o bambambam , ficará fácil de refutar o vídeo. Ou não?

Muito papo e pouca atitude.


Mashmid

Mensagens : 241
Data de inscrição : 11/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Diego em Seg Mar 28, 2011 6:11 am

Só posso rir.. Que outros sejam juízes de nosso debate.

Vc ACHA que venceu, eu portanto demonstrei com suas próprias palavras que vc se contradisse aqui e tbm em outros pontos. Alex eu te conheço de longas datas e já vi vc apanhando feio e se achando o rei da cocada preta. Isso é natural é da sua índole de dura cerviz. Se eu começar trazer suas postagens do Yeshua chai para cá, a zombaria será grande kkkkkkkkkkkkkk.

Mais uma vez repito, padeces por falta de entendimento. Sempre foi assim e continuará sendo até que se torne um homem apto a renovar o entendimento.

Há só mais um detalhe, joga na megasena talvez ganhe, pois certamente vc sabe tudo, sabe até que um cara por trás de um computador não será PÁRIO para vc num debate de auidio lol!

Isso ai Alex, fique na paz que encontraste "não" sendo um retardado, mas eu prefiro continuar sendo, até porque o que eu creio para homens sanguinários e ímpios é mesmo loucura, eu lhe entendo.

Me desligo desse fórum, por favor cancele minha conta e me perdoe por qualquer coisa.

Diego

Mensagens : 10
Data de inscrição : 19/03/2011
Localização : Fortaleza-Ce

Ver perfil do usuário http://img137.imageshack.us/img137/7195/jesus2000x0dc.jpg

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Mashmid em Seg Mar 28, 2011 7:29 pm

Só posso rir.. Que outros sejam juízes de nosso debate.

Sim, com certeza, porque todos podem ver que vc deixou de responder e não contra argumentou.

A propósito, ainda não conseguiu encontrar contra-argumentos do meu vídeo fraquinho?


Vc ACHA que venceu, eu portanto demonstrei com suas próprias palavras que vc se contradisse aqui e tbm em outros pontos.

Venci!? Ué, era uma disputa?

Então eu estava certo quando disse: "Não sei se vc está aqui para apregoar suas certezas ou por querer disputar conhecimentos."

Pois é, parece que vc queria disputar conhecimentos, porém, não deu certo. Até agora eu aguardo contra-argumentos.

Eu me contradisse? Quando?

Amigo, vc tem retardamento, porque eu já te disse várias vezes que escrevi que não concordo que judeu é apenas o que é de mãe judia por não concordar com a halachah, já que na Torah mostra que filhos de pais judeus são judeus.

Mas vc com toda sua leviandade ainda insiste em bater na mesma tecla.

Vc se desonesto, mesmo sabendo o motivo pelo qual escrevi aquilo, fica fingindo não entender e repetindo a mesma coisa em todas as mensagens.

Alex eu te conheço de longas datas e já vi vc apanhando feio e se achando o rei da cocada preta.

Eu sei que vc me conhece. Desde a primeira vez que me chamou de Alex eu já sabia que era do YC = Yeshu Coksinel.

E vc poderia se identificar?

Eu apanhando? De quem? De caras que não tinham argumentos e então partiram para a ofensa ?

Isso é normal de pessoas que não têm argumentos, aí partem para a ofensa pessoal.

É isso aí que vc chama de apanhar?

Eu até adoraria que vc colocasse algumas coisas aqui, só para mostrar como crentes são hipócritas.

Para verem aqui como apelam para a baixaria quando perdem um debate.

Para mostrar ao povo como vcs tentam atacar à pessoa (e não seus argumentos), afim de tentar desmoralizar à pessoa.

Mas, todos já viram aqui que eu já te chamei para debates no chat de voz, porém, todos já viram também que vc se acovardou.

Ou será que vcs só debatem em turminhas?


Isso é natural é da sua índole de dura cerviz. Se eu começar trazer suas postagens do Yeshua chai para cá, a zombaria será grande kkkkkkkkkkkkkk.

Pois é, senhor anônimo. Pode trazer tais postagens.

Aqui eu sou o dono do fórum, e aqui não tem turminha como no YC(yeshu cocsínel).

Aqui não há desonestidade, não é como lá, que defendem os membros de sua turminha, não importando o quanto estão ERRADOS.

Para vermos novamente como vcs são desonestos. Porque não importa o quão safado e pilantra seja o cara, se ele for da sua religião, é defendido de unhas e dentes, mesmo que esteja absolutamente errado.


Mais uma vez repito, padeces por falta de entendimento. Sempre foi assim e continuará sendo até que se torne um homem apto a renovar o entendimento.

E mais uma vez repito, foges do debate por falta de entendimento.

Deixe de ser covarde rapaz, baixe o PALTALK e vamos discutir sobre isso no chat de voz.

É claro, vou gravar as conversas, se não se importar.

Mas do jeito que vc tem medo de enfrentar um debate na raça, eu duvido que fará isso.



Há só mais um detalhe, joga na megasena talvez ganhe, pois certamente vc sabe tudo, sabe até que um cara por trás de um computador não será PÁRIO para vc num debate de auidio lol!


Puta que pariu.. essa merece um troféu de frase de merda do ano.

O que tem a ver mega-sena com debate em áudio?

Meus parabéns amigo, essa doeu nas bolas.

Isso ai Alex, fique na paz que encontraste "não" sendo um retardado, mas eu prefiro continuar sendo, até porque o que eu creio para homens sanguinários e ímpios é mesmo loucura, eu lhe entendo.

Kkkkk.. filho, não sou sanguinário, e é exatamente por isso que eu refuto o seu deus.

Se eu fosse sanguinário e ímpio, eu creria na bíblia, porque não sou eu quem diz que uma mulher que tentou defender seu marido dando um murro no saco do oponente, deve ter sua mão decepada por ter tocado nas genitais do oponente.

Não sou eu o retardado sanguinário que apóia um livro que diz que um cara que apanha lenha em shabat deve ser apedrajado até a morte.

Não sou eu o retardado sanguinário que apóia um livro diz que um cara que acende fogo em shabat deve ser apedrejado.

Não sou eu o retardado sanguinário que apóia um livro que diz que devemos apedrejar a espíritas.

Não sou eu o retardado sanguinário que apóia um livro que ensina como comprar escravos.

Não sou eu o retardado sanguinário que apóia um livro que permite o espancamento de escravos.

Não sou eu o retardado sanguinário que apóia um livro que ordena o genocídio de nações.

Não sou eu o retardado sanguinário que apóia um livro que ordena o infanticídio.


Cego, Cego, Cego !!!

Leia essa merda de livro e veja quem é o sanguinário!!!!

Sanguinário é vc que concorda com um livro maldito que ensina a desprezar pessoas , matá-las e fazê-las de escravos.

Leia esta merda e diga quem é sanguinário e ímpio:

(Êxodo 21:20) - Se alguém ferir a seu servo, ou a sua serva, com pau, e morrer debaixo da sua mão, certamente será castigado;
(Êxodo 21:21) - Porém se sobreviver por um ou dois dias, não será castigado, porque é dinheiro seu.

(Êxodo 21:26) - E quando alguém ferir o olho do seu servo, ou o olho da sua serva, e o danificar, o deixará ir livre pelo seu olho.
(Êxodo 21:27) - E se tirar o dente do seu servo, ou o dente da sua serva, o deixará ir livre pelo seu dente.

(Êxodo 21:28) - E se algum boi escornear homem ou mulher, que morra, o boi será apedrejado certamente, e a sua carne não se comerá; mas o dono do boi será absolvido.


(Êxodo 22:18) - A feiticeira não deixarás viver.

(Levítico 20:27) - Quando, pois, algum homem ou mulher em si tiver um espírito de necromancia ou espírito de adivinhação, certamente morrerá; serão apedrejados; o seu sangue será sobre eles.

(Levítico 21:9) - E quando a filha de um sacerdote começar a prostituir-se, profana a seu pai; com fogo será queimada.


(Levítico 24:19) - Quando também alguém desfigurar o seu próximo, como ele fez, assim lhe será feito:

(Levítico 24:20) - Quebradura por quebradura, olho por olho, dente por dente; como ele tiver desfigurado a algum homem, assim se lhe fará.

(Levítico 25:44) - E quanto a teu escravo ou a tua escrava que tiveres, serão das nações que estão ao redor de vós; deles comprareis escravos e escravas.
(Levítico 25:45) - Também os comprareis dos filhos dos forasteiros que peregrinam entre vós, deles e das suas famílias que estiverem convosco, que tiverem gerado na vossa terra; e vos serão por possessão.
(Levítico 25:46) - E possuí-los-eis por herança para vossos filhos depois de vós, para herdarem a possessão; perpetuamente os fareis servir; mas sobre vossos irmãos, os filhos de Israel, não vos assenhoreareis com rigor, uns sobre os outros.


(Deuteronômio 25:1) - QUANDO houver contenda entre alguns, e vierem a juízo, para que os julguem, ao justo justificarão, e ao injusto condenarão.
(Deuteronômio 25:2) - E será que, se o injusto merecer açoites, o juiz o fará deitar-se, para que seja açoitado diante de si; segundo a sua culpa, será o número de açoites.
(Deuteronômio 25:3) - Quarenta açoites lhe fará dar, não mais; para que, porventura, se lhe fizer dar mais açoites do que estes, teu irmão não fique envilecido aos teus olhos.

(Deuteronômio 25:11) - Quando pelejarem dois homens, um contra o outro, e a mulher de um chegar para livrar a seu marido da mão do que o fere, e ela estender a sua mão, e lhe pegar pelas suas vergonhas,
(Deuteronômio 25:12) - Então cortar-lhe-ás a mão; não a poupará o teu olho.


(Deuteronômio 32:25) - Por fora devastará a espada, e por dentro o pavor; ao jovem, juntamente com a virgem, assim à criança de peito como ao homem encanecido.
(I Samuel 15:3) - Vai, pois, agora e fere a Amaleque; e destrói totalmente a tudo o que tiver, e não lhe perdoes; porém matarás desde o homem até à mulher, desde os meninos até aos de peito, desde os bois até às ovelhas, e desde os camelos até aos jumentos.
(I Samuel 22:19) - Também a Nobe, cidade destes sacerdotes, passou a fio de espada, desde o homem até à mulher, desde os meninos até aos de peito, e até os bois, jumentos e ovelhas passou a fio de espada.


Me desligo desse fórum, por favor cancele minha conta e me perdoe por qualquer coisa.

Ok, sem problemas! Sua participação aqui desde de o começo já foi desagradável.

Desde o começo eu já havia percebido malícia em suas palavras.


E obrigado por ter participado, porque vc foi só mais um que entrou e saiu daqui deixando provas por escrito de que não teve argumentos para desbancar minhas dissertações.


E a propósito, já vou bloquear sua participação, afim de que NÃO APAGUE SEUS POSTS AQUI, para que todos vejam que entrou e saiu de rabinho entre as pernas.


Obrigado.

Mashmid

Mensagens : 241
Data de inscrição : 11/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Afinal de contas, Yeshua aboliu ou não a Torah?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 4:47 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum